02/07/2018

Nos últimos segundos Bélgica vira sobre Japão e enfrenta Brasil

Chadli virou nos últimos segundos e a Bélgica irá enfrentar o Brasil na próxima fase.

O que não pode faltar na Copa do Mundo é emoção. A Bélgica precisou dos quatro minutos que o árbitro Malang Diedhiou, de Senegal, determinou como acréscimo no segundo tempo, para conseguir a virada. A seleção europeia venceu os asiáticos por 3 a 2, com gols de Vertonghen, Chadli e Fellaini, enquanto Inui e Haraguchi descontaram para os japoneses.

A partida que aconteceu em Rostov, contou com mais de 40 mil pessoas no estádio, que viram o Japão surpreender e abrir o placar logo com dois minutos do primeiro tempo. Em um rápido contra-ataque Inui tocou para Kagawa que lançou Haraguchi, que contou com a falha de Vertonghen e finalizou sem chances para Courtois, abrindo o placar.

Não demorou e os japoneses ampliaram o placar. Kompany cortou mal um cruzamento e a bola sobrou para Kagawa, que ajeitou para Inui, soltar uma bomba de longe, marcando o segundo dos japoneses e deixando a “geração belga” incrédula.

A Bélgica se lançou para o ataque, em busca de diminuir o placar. A pressão teve resultado aos 23 minutos, quase na linha de fundo, Vertonghen pegou a sobra de cabeça e mandou para o gol. A bola encobriu o goleiro e entrou.

Aos 28 minutos veio o empate. Após cruzamento de Hazard, o gigante belga subiu mais que todo mundo e cabeceou para o fundo das redes, sem chances para Kawashima.

A partida se encaminhava para a prorrogação, até os segundos finais. Courtois repôs a bola rápida, no chão e a Bélgica partiu em um contra-ataque letal. De Bruyne recebeu e tocou para Meunier, que cruzou rasteiro, Lukaku fez o corta-luz e a bola passou livre para Chadli, que só empurrou e foi comemorar no banco de reservas.

A Bélgica irá enfrentar o Brasil nas quartas de final da competição e irá colocar frente a frente dois treinadores que só perderam em uma oportunidade comandando seu país, Roberto Martínez no lado dos europeus e Tite no verde-amarelo.

A partida acontece na sexta-feira (6/7) às 15h, na Arena Kazan.

Fonte: Dia Online