05/07/2018

Ex-prefeitos de São Domingos e Iaciara são condenados à prisão por crimes eleitorais

Além dos dois, outros três também foram condenados após denúncia oferecida pelo MP eleitoral.

Dois ex-prefeitos de municípios goianos e outros três foram condenados à prisão por crimes eleitorais após denúncia oferecida pelo MP eleitoral.

Gervásio Gonçalves da Silva, ex-prefeito de São Domingos, Adão Ribeiro, ex-prefeito de Iaciara, João de Lú, ex-vereador de São Domingos, Deusmar Gonçalves da Silva e Nolberto Gonçalves Silva foram condenados pela juíza da 47ª Zona Eleitoral, Thaís Monteiro.

Gervásio foi condenado por corrupção eleitoral e transporte ilegal de eleitores, num total de 7 anos, 6 meses e 7 dias de reclusão e 330 dias-multa.

João de Lú e Deusmar Gonçalves receberam a pena de 4 anos e 3 meses e multa 225 dias-multa, pelo transporte ilegal de eleitores.

Nolberto foi condenado por corrupção eleitoral e teve sua pena privativa de liberdade convertida em 50 dias-multa, no valor de um trigésimo do salário mínimo e por prestação pecuniária de R$ 2 mil, a ser paga ao Conselho da Comunidade de São Domingos.

O ex-prefeito Adão Luiz teve sua condenação decretada por 4 anos e 6 meses de reclusão, mais 250 dias-multa.

Os crimes

Em 2013, promotor eleitoral Douglas Chegury ofereceu denúncia contra dez pessoas por diversos crimes eleitorais. Uma das acusações tratou especificamente do crime de corrupção eleitoral por Gervásio, João de Lú e Nolberto.

Neste sentido, consta que, no dia 20 de junho daquele ano, os três prometeram dinheiro e gasolina a várias pessoas em troca de votos, bem como fizeram o transporte ilegal de eleitores, descrevendo as condutas de cada um.

Fonte: