12/07/2018

Reforma da Vila Ambiental deve durar 60 dias

Todo o parque passará por restauração.

Daqui a 60 dias, a Vila Ambiental, que funciona dentro do Parque Areião, volta a funcionar e, com isso, os agendamentos de visitas monitoradas ao local poderão ser feitos normalmente junto à equipe de Educação Ambiental, como acontecia antes.

O presidente da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA), Gilberto Marques Neto, assinou a ordem de serviço da obra e o trabalho de reforma, que está sendo executado pela CBMA Construções & Soluções Ambientais, teve início na última terça-feira (10/7).

A empresa tem 60 dias para concluir a reforma, cujo valor é de cerca de R$ 250 mil. Este recurso vem da Caixa Econômica Federal e do Fundo Municipal de Meio Ambiente.

“Além da Vila Ambiental, todo o parque passará por revitalização”, diz Gilberto Neto, ressaltando que o recurso para as obras do parque será proveniente do próprio órgão.

Ele aponta também que a demora da obra da Vila ocorreu devido a incêndio criminoso em bambuzal dentro do parque, o que, além da destruir parte da vegetação, atingiu também parte da Vila, aumentando o volume de danos com a exigência de uma nova licitação.

No período de fechamento da Vila Ambiental, segundo o presidente, as atividades de educação ambiental ministradas a estudantes não foram interrompidas, foram transferidas para o Núcleo Socioambiental do Parque Macambira-Anicuns.

Fonte: