16/05/2019

Campanha de vacinação da CASAG imuniza 13 mil pessoas em Goiás

“Nós da CASAG, nos esforçamos muito para atender a toda a advocacia goiana. A sensação é de dever cumprido. Continuaremos trabalhando para que em 2020, seja ainda melhor”, declara Rodolfo.

Em uma ação de quase 30 dias, a segunda edição da Campanha de Vacinação contra o virus H1N1, realizada pela Caixa de Assistência dos Advogados de Goiás (CASAG), imunizou cerca de 13 mil pessoas, entre advogados, estagiários e familiares, em uma força tarefa de grandes proporções e que envolveu oito veículos, que deslocaram mais de 10 mil quilômetros, levando mais de 130 colaboradores, vacinas e equipamentos.

Foram adquiridas 13.000 doses da imunização contra o vírus H1N1 e, pela segunda vez na história da Caixa de Assistência, todo o estado foi atendido com pontos de vacinação da CASAG, ou seja, todas as 53 subseções goianas da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/GO), que abrangem os 246 municípios goianos, contaram com pontos de atendimentos. A CASAG é a única entidade de classe a realizar uma campanha de vacinação nestas dimensões e proporções.

Ao todo foram 23 dias de campanha, nos quais a equipe de colaboradores da CASAG se desdobrou ao lado de profissionais da saúde, para atender a todos os advogados e dependentes que adquiriram as doses, pelo simbólico valor de R$ 50,00 (dose). Cada advogado teve a oportunidade de comprar até quatro unidades da vacina, que imuniza contra os vírus da gripe H1N1, H3N3 e os dois subtipos da Influenza B.

Presidente da CASAG diz que o sentimento ao final da campanha é de dever cumprido

De acordo com a secretária-geral da CASAG, Valéria Alves dos Reis Meneses, a instituição buscou mais uma vez atender às demandas de imunização da gripe H1N1 e obteve êxito na tarefa. “Mais uma vez, fomos em Goiás a instituição que mais assegurou a vacinação em larga escala, a exceção da rede de saúde pública. É a CASAG cuidando do bem-estar e da saúde da advocacia”, afirma Valéria.

Para o presidente da CASAG, Rodolfo Otávio Mota, o sentimento ao final da campanha é de dever cumprido. “Nós da CASAG, nos esforçamos muito para atender a toda a advocacia goiana. A sensação é de dever cumprido. Continuaremos trabalhando para que em 2020, seja ainda melhor”, declara Rodolfo.

Rede Pública

Na Rede Pública, a campanha de vacinação, segue até o dia 31 de maio. Em Goiás, o número de pessoas que devem se vacinar é de 1,6 milhões de pessoas. No entanto, a cobertura até o momento chegou a somente 30%.

De acordo com o Ministério da Saúde, até o último dia 27 de abril, 99 brasileiros morreram devido à Síndrome Respiratória Aguda Grave, a gripe, em todo o país. Em Goiás, a Secretaria Municipal de Saúde divulgou a confirmação de seis casos, sendo cinco de H1N1 e um de Influenza B. Duas mortes por H1N1 foram confirmadas.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online