17/05/2019

Motorista de ambulância é preso embriagado, em Anápolis

Durante a entrevista, condutor do veículo afirmou que passou a última quinta-feira (16/5) bebendo.

Um motorista de ambulância foi preso na tarde desta sexta-feira (17/5), na BR-060,  em Anápolis, a 55 quilômetros de Goiânia, por conduzir o veículo embriagado. A abordagem ao veículo foi feita durante uma operação de rotina por parte da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A PRF afirmou que o homem, de 40 anos, que não teve o nome revelado conduzia a ambulância pela via, quando foi abordado pela equipe policial. Durante a abordagem, os agentes da PRF, constataram que carro é de Luziânia, no Entorno do Distrito Federal (DF), e que o motorista seguia no sentido para Goiânia com duas enfermeiras e um paciente dentro do veículo.

Durante a abordagem a polícia constatou que o motorista da ambulância não era habilitado para conduzir o veículo de emergência. Após verificar que o condutor do carro era desabilitado para guiar o veículo de emergência, o mesmo foi submetido ao teste do bafômetro para verificar que estava dirigindo embriagado.

A PRF afirmou que o motorista da ambulância foi reprovado pelo equipamento, após ser constatado que o mesmo tinha presente no sangue o teor alcoólico de 0,37 mg/l. Diante da embriaguez do condutor, o homem foi detido pelos policiais.

Motorista da ambulância afirmou que passou a última quinta-feira ingerido bebida alcoólica

O motorista disse aos policiais que há oitos anos é servidor público e trabalha com o transporte dos pacientes. De acordo com a polícia, o homem afirmou que passou a tarde da última quinta-feira (16/5) fazendo a ingestão de bebida alcoólica. Toda a ação policial foi gravada pela PRF, veja o vídeo da prisão do motorista bêbado: zoevideos.net/player/sbd02f7e72948fb87c75832d0fbdd29e4

Após constatar a embriaguez do homem ao voltante, a PRF informou à Prefeitura de Luziânia sobre a situação, e aguardou a chegada de um outro condutor enviado pela administração municipal para seguir a viagem.

Após o motorista substituto chegar para dar continuidade ao transporte do passageiro, o condutor da ambulância embriagado foi levado à Central de Flagrantes em Anápolis, onde foi autuado por não ser habilitado para conduzir esse tipo de transporte e por embriaguez ao volante.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online