17/05/2019

Polícia apreende carro abarrotado de drogas, em Chapadão do Céu

A operação foi desencadeada no estado de Goiás com apoio da DRE da Polícia Federal de Tocantins.

O Comando de Operações de Divisas (COD/CPR), da Polícia Militar de Goiás (PM), desarticulou na manhã desta sexta-feira (17/5) uma associação criminosa que já vinha sendo monitorada e que estaria roubando veículos e transportando drogas do Paraguai para o Brasil. Duas camionetas foram apreendidas no município de Chapadão do Céu, e uma delas estava abarrotada de drogas.

A operação foi desencadeada no estado de Goiás com apoio da DRE da Polícia Federal de Tocantins. De acordo com a polícia, um dos veículos apreendidos pelos suspeitos, uma Hyundai/Tucson, carregado com quase 700 quilos de drogas – maconha e skunk.

A polícia já vinha monitorando as ações da associação criminosa já há algum tempo, uma vez que os suspeitos estariam roubando veículos e transportando drogas do Paraguai para o Brasil. Ao tomar conhecimento de que os entorpecentes estavam sendo transportados, os policiais do COD, em diligências, apreenderam as camionetas.

O veículo que levava os 700 quilos de drogas dentro dele era produto de roubo em Minas Gerais. Já a outra camioneta era utilizada na logística de transporte, informando sobre a presença policial na rodovia.

Veja o momento da apreensão:

zoevideos.net/player/s310588dfe787b2a2e4899bef107a16a2

Após as prisões, os criminosos relataram que iriam comercializar a droga, avaliada em R$ 1 milhão, nos estados de Goiás e Minas Gerais. Um menor foi apreendido e quatro indivíduos foram presos, dentre os quais uma sul mato-grossense de 25 anos.

Além de ocorrência em Chapadão do Céu, apreensão de drogas também foi feita em Guapó

Na noite da última quarta-feira (21/5), um jovem de 21 anos foi preso na BR-060, em Guapó, transportado cerca de 300 quilos de maconha. A droga, adquirida pelo homem em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, deveria ser entregue em Brasília, de acordo com informações preliminares. Aos policiais responsáveis pela prisão, o rapaz contou que receberia R$ 10 mil pelo transporte dos entorpecentes.

Emanoel Ferreira Brito, que conduzia um carro VW Fox, desobedeceu uma ordem de parada dos policiais, tentou fugir, mas acabou capotando o carro às margens da rodovia. Ele foi preso em ação conjunta entre a Delegacia Estadual de Repressão a Ações Criminosas Organizadas (Draco) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Via Dia Online 
Imagens Dia Online