10/10/2019

PM prende grupo especializado em roubo de caminhões, em Itumbiara

Segundo a Polícia Militar, a ação policial foi realizada nas cidades de Itumbiara, Uberlândia, Uberaba e Monte Carmelo com o objetivo de desarticular três organizações criminosas.

A Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) prendeu, na tarde desta quinta-feira (10/10), um grupo criminoso especializado em roubo de caminhões e cargas, em Itumbiara.

Com os presos, foram apreendidos vários celulares e objetos ligados as ações criminosas.

A prisão faz parte da Operação Torre de Babel, realizada em conjunto com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Uberlândia (MG).

Segundo a Polícia Militar, a ação policial foi realizada nas cidades de Itumbiara, Uberlândia, Uberaba e Monte Carmelo com o objetivo de desarticular três organizações criminosas especializadas em roubo de caminhões e cargas.

Ainda de acordo com a corporação, esse grupos atuavam no estado de Goiás e também em Minas Gerais e São Paulo.

Veja o vídeo da prisão de um dos membros do grupo criminoso:

[custom_player src=’zoevideos.net/player/s9322a4e5a76f18df71f7146d3b7f90e4′]

Operação

Conforme informações da Polícia Militar de Goiás, a operação foi deflagrada pela Gaeco de Uberlândia, nesta quinta-feira (10/10). O objeto das investigações se refere ao desbaratamento de três organizações criminosas distintas.

Segundo as apurações, a primeira organização criminosa investigada tinha como foco de atuação o roubo de caminhões e cargas.

Este grupo criminoso tem como base de atuação as cidades de Uberlândia e Itumbiara. O líder da referida organização criminosa é Domingos Lopes de Araújo Neto, vulgo Macho.

O líder foi preso na Operação Irmãos Metralha, deflagrada em junho de 2019.

Grupo especializado em roubo de caminhões praticou dezenas de crimes na região sul de Goiás

De acordo com informações da Polícia Militar de Goiás, a organização criminosa comandada por Domingos já praticou dezenas de crimes de roubo de caminhões e cargas no Triângulo Mineiro e na região sul do estado de Goiás.

Além disso, os membros da associação criminosa são acusados de inúmeros delitos de homicídio, corrupção ativa, falsificação de documento público, lavagem de dinheiro, entre outros.

Prisões

As prisões foram feitas pelas equipes do Comando de Operações de Divisas (COD/PMGO), que cumpriram todos os três mandados de prisão e outros mandados de busca e apreensão, na cidade de Itumbiara.

Segundo a corporação, com os detidos foram apreendidos vários celulares e objetos ligados as ações delituosas. Eles foram encaminhados para a sede do Gaeco na cidade de Uberlândia (MG).

As outras organizações criminosas citadas pela corporação atuavam em outros estados e foram desarticuladas nesta mesma operação.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online