07/12/2019

Idoso é suspeito de maltratar filhote de cachorro com pauladas, em Rio Verde

O homem relatou que estava tentando retirar o cachorro de uma enxurrada para colocar em local seguro.

Um idoso, de 78 anos, foi flagrado nesta sexta-feira (6/12) supostamente maltratando um filhote de cachorro com pauladas, no Conjunto Monte Sião, em Rio Verde. 

A Polícia Militar de Rio Verde, a equipe foi acionada via copom para se deslocar a um endereço onde um homem, Amaquinili Prufides Siqueira, de 78 anos, que estaria supostamente maltratando o animal com um pedaço de pau e o segurando pelas patas dianteiras.

Neste momento, a testemunha, de 22 anos, gritou com o suposto agressor fazendo com que ele soltasse o animal no meio do gramado de uma praça do Setor Monte Sião.

Fuga do idoso suspeito de maltratar filhote de cachorro com pauladas, em Rio Verde

Quando a testemunha gritou, o idoso então fugiu do local e foi para uma chácara nas proximidades do setor. Diante disso, os militares se deslocaram a referida chácara, onde conseguiram localizar o autor.

Ao ser questionado, o homem relatou que estava tentando retirar o cachorro de uma enxurrada para colocar em local seguro. Entretanto, com os relatos da testemunha, os dois foram encaminhados para a 8ª DRP.

Foi então confeccionado um Termo Circunstanciado de Ocorrência por maus tratos a animais. Ele se comprometeu a comparecer em Juízo e foi liberado. O idoso já possui passagens por ameaça, tentativa de homicídio e injúria.

O filhote foi encaminhado para uma clínica veterinária de Rio Verde, onde ficou aos cuidados de uma médica veterinária.

Em Goiás, Lei que pune maus-tratos foi sancionada

No dia 11 de novembro deste ano, foi sancionada pelo governador Ronaldo Caiado uma lei que prevê multa e punição para quem maltratar animais domésticos ou domesticáveis.

Conforme previsto na regulamentação, o animal pode ser recolhido para adoção, venda ou liberação em seu habitat. O agressor também pode pagar uma multa que varia de R$ 800 e R$ 5 mil, de acordo com cada ocorrência.

Entre os maus-tratos previstos estão o abandono agressões, espancamento com uso de objetos cortantes e substâncias químicas, além de privação de alimento, acorrentamento ou alojamento inadequado.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online