23/12/2019

Ultrapassagem pode ter matado avó e neto em acidente na BR-153, em Rialma

Um idoso, de 60 anos, e outra criança, de 8, que são avô e neto, sobreviveram, mas foram socorridos com ferimentos graves. Acidente ocorreu próximo ao trevo que dá acesso às cidades de Ceres e Rialma.

Uma mulher de 57 anos e uma criança, de 3, que eram avó e neto, morreram em um grave acidente na BR-153, próximo ao trevo que dá acesso às cidades de Ceres e Rialma, no interior de Goiás. A ocorrência foi registrada na manhã deste domingo (22/12). Um idoso, de 60 anos, e outra criança, de 8, que são avô e neto, sobreviveram ao acidente, mas foram socorridos com ferimentos graves.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), levantamentos preliminares apontam que as vítimas seguiam no sentido Sul/Norte em uma caminhonete Ford Ranger quando, segundo testemunhas, o motorista tentou ultrapassar uma carreta bitrem e para não colidir com outro veículo que seguia no sentido contrário, o veículo bateu na carreta, capotou, saiu da pista e parou em um barranco do lado oposto da BR-513.

Avó e neto morreram e avô e outro neto ficaram gravemente feridos, após ultrapassagem na BR-153

Na caminhonete viajavam quatro pessoas, um casal de avós e dois netos, todos ficaram presos às ferragens. A avó, de 57 anos , e o neto, de 3, não resistiram aos ferimentos e morreram no local. Já o avô, de 60 anos, e o neto, de 8, sofreram ferimentos graves. Eles foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e foram encaminhados para uma unidade de saúde em Ceres.

Com a batida, a carreta carregada com feijão também tombou e a carga ficou espalhada na pista. Ainda conforme a corporação, o motorista do bitrem teve ferimentos leves, foi submetido ao teste de bafômetro e não estava alcoolizado.

O trecho da rodovia, considerado como ponto de alto risco de acidentes, ficou totalmente interditado e só foi totalmente liberado às 17h. As vítimas não foram identificadas.

Acidentes nas rodovias federais goianas

Um balanço operacional da PRF mostra que neste fim de semana, às vésperas do feriado de Natal, ocorreram 26 acidentes nas rodovias federais goianas , que deixaram 36 pessoas feridas e duas mortas.

Durante esses dias, foram aplicadas 1.441 notificações de multas por infrações diversas onde 175 veículos foram flagrados em ultrapassagens proibidas, 102 condutores foram autuados por não usarem o cinto de segurança e 48 motoristas foram reprovados no teste de alcoolemia.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online