07/01/2020

Motorista foge após atropelar e matar andarilho, em Goiânia

A vítima ainda não foi identificada e, segundo a Delegacia Especializada em Investigação de Crimes de Trânsito de Goiânia (Dict), pode se tratar de um andarilho. Ele veio a óbito ainda no local.

Um motorista fugiu depois de ter atropelado e matado um homem no final da noite da última segunda-feira (6/1), na GO-080, em Goiânia. A vítima ainda não foi identificada e, segundo a Delegacia Especializada em Investigação de Crimes de Trânsito de Goiânia (Dict), pode se tratar de um andarilho. Ele veio a óbito ainda no local.

O caso aconteceu pouco antes da meia-noite no Km-17 da GO-080, em Goiânia. Conforme as fotos divulgadas pela Dict, é possível constatar que o local conta com pouquíssima iluminação. Ainda de acordo com a delegacia, o trecho da via também não dispõe de nenhuma câmera de segurança.

Veja as imagens feitas pela Dict:

A Dict deve investigar o caso, e não há maiores informações sobre a ocorrência até o momento. Esta matéria deve ser atualizada em breve.

Morte de andarilho foi registrada dois meses depois de atropelamento de catador de material reciclável, também em Goiânia

No dia 4 de novembro do ano passado, um catador de reciclagem morreu após ser atropelado por um carro na BR-060, em Goiânia. Chovia no momento do acidente. Conforme informações da época, o acidente aconteceu por volta de 19h45 e a vítima morreu ainda no local, com o óbito sendo constatado cerca de oito minutos depois da batida.

O motorista que se envolveu no acidente chegou a acionar o socorro e permaneceu no local do fato, sendo submetido ao teste do bafômetro, que deu negativo. Ele estava em uma via lateral à rodovia e, quando foi acessar, bateu no catador, provocando o acidente.

De acordo com a Dict na ocasião, o motorista, de 30 anos, conduzia um veículo, Fiat Uno Vicace, cor branca, pela via lateral à rodovia BR-060, sentido Goiânia/Rio Verde, mão única.

O condutor informou que se aproximou da sinalização de “Pare”, existente devido o acesso para a via lateral,  olhou para o lado esquerdo para observador o tráfego na rodovia e saiu.

Quando entrou na rodovia e olhou para frente, se deparou com a vítima Victor Hugo do Carmo, de 26 anos, puxando um carrinho de coleta nas costas, momento que ele foi atropelado. Com o impacto da batida, o corpo do catador de reciclagem foi parar em cima do capô do carro, que teve o para-brisas quebrado e a frente totalmente destruída.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu) foi acionada para socorrer a vítima, mas ela não resistiu e morreu ainda no local.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online