10/01/2020

Detento do semiaberto acusado de roubar materiais de construção é preso em Aparecida

Na ocasião dois adolescentes, que atuavam juntamente com o detento, foram apreendidos em flagrante pelos policiais militares.

A Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) prendeu, nesta sexta-feira (10/1), um detento do regime semiaberto acusado de roubar materiais de construção civil. O caso foi registrado em Aparecida de Goiânia.

Na ocasião dois adolescentes, que atuavam juntamente com o detento, foram apreendidos em flagrante pelos policiais militares.

Dois dos suspeitos foram encontrados na Vila São Joaquim, em Aparecida de Goiânia. O segundo adolescente envolvido foi encontrado no Setor Itapuã, em Aparecida.

De acordo com informações da Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO), na manhã desta sexta-feira (10/1) por meio de uma denúncia anônima, equipes do 42° Batalhão da Polícia Militar desarticularam uma associação criminosa especializada no furto/roubo de materiais de construção civil, sendo betoneiras, carrinhos de mão e ferramentas, além de baterias veiculares.

Segundo a corporação, a quadrilha formada por um detento do semiaberto e dois adolescentes, atuava na região oeste de Goiânia.

O trio estava com uma carreta cheia de objetos e materiais de construção, que foram roubados de obras em Goiânia. Segundo a Polícia Militar, há imagens de uma câmera de segurança que comprovam a ação do acusado, que estacionou o carro em frente a uma obra e roubou materiais de construção civil.

Além de prisão de acusado de roubar materiais de construção, homem foi preso por aplicar golpes em lojas de materiais de construção

Em julho do ano passado, um homem, de 33 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Civil de Goiandira após aplicar golpes contra lojas de materiais em Goiandira, localizada a 266 quilômetros de Goiânia.

De acordo com a corporação, Rodrigo Alves estava sendo investigado e irá responder pela prática do crime de estelionato e falsa identidade.

Rodrigo Alves quando preso, estava se preparando para aplicar um novo golpe em Catalão. Segundo as investigações, o homem fazia uso de um perfil falso nas redes sociais.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online