10/01/2020

Falando ao telefone, mulher morre após raio cair próximo de casa, em Caçu

Ela estava falando ao celular que estava carregando.  Com o queda do raio, alguns eletrodomésticos e telefones da casa queimaram.

Uma mulher, de 41 anos, morreu enquanto falava ao telefone após um raio cair próximo a sua casa, em Caçu, a 332 quilômetros de Goiânia, nesta quinta-feira (9/1).

Conforme informações, a mulher, identificada como Sirlene Pereira Marques, teria recebido uma descarga elétrica enquanto falada ao celular, que estava carregando na tomada.

No momento do acidente, chovia na região e um raio teria caído próximo à residência, localizada em uma fazenda de Caçu. A vítima estava em casa com a filha, de 15 anos. Com o queda do raio, alguns eletrodomésticos e telefones da casa queimaram.

Devido a descarga elétrica, a mulher caiu no chão imediatamente. A filha saiu de casa para pedir socorro, momento que encontrou um homem que foi até a residência. Ele tentou fazer massagem cardíaca na vítima, mas ela não resistiu e morreu.

A perícia foi acionada para apurar a causa da morte. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Jataí.

Veja orientações do INPE sobre o caso de morte de mulher após raio cair próximo de casa, em Caçu

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), referência nacional e internacional nas áreas espacial e do ambiente terrestre, oferece uma série de informações que visam orientar a população em como se proteger de eventos do tipo durante uma tempestade.

Veja abaixo:

  • Se possível, não saia para a rua ou não permaneça na rua durante tempestades, a não ser que seja absolutamente necessário. Nestes casos, procure abrigo nos seguintes lugares: carros não conversíveis, ônibus ou outros veículos metálicos não conversíveis; em moradias ou prédios, de preferência que possuam proteção contra raios; em abrigos subterrâneos, tais como metrôs ou túneis; em grandes construções com estruturas metálicas; em barcos ou navios metálicos fechados; e finalmente em desfiladeiros ou vales;
  • Se estiver dentro de casa, evite: usar telefone, a não ser que seja sem fio; ficar próximo de tomadas e canos, janelas e portas metálicas; tocar em qualquer equipamento elétrico ligado a rede elétrica. Se estiver na rua, evite: segurar objetos metálicos longos, tais como varas de pesca, tripés e tacos de golfe; empinar pipas e aeromodelos com fio; andar a cavalo; nadar; e ficar em grupos;
  • Se possível, evite os seguintes lugares que possam oferecer pouca ou nenhuma proteção contra raios: pequenas construções não protegidas, tais como celeiros, tendas ou barracos; veículos sem capota, tais como tratores, motocicletas ou bicicletas; estacionar próximo à árvores ou linhas de energia elétrica;
  • Se possível, evite também certos locais que são extremamente perigosos durante uma tempestade, tais como: topos de morros ou cordilheiras; topos de prédios; áreas abertas, campos de futebol ou golfe; estacionamentos abertos e quadras de tênis; proximidade de cercas de arame, varais metálicos, linhas aéreas, trilhos e árvores isoladas; estruturas altas, tais como torres, linhas telefônicas e linhas de energia elétrica;
  • Se você estiver em um local sem um abrigo próximo e sentir seus pelos arrepiados ou sua pele coçar, indicando que um raio esta prestes a cair, ajoelhe-se e curve-se para a frente, colocando suas mãos nos joelhos e sua cabeça entre eles. Não deite-se no chão.
Via Dia Online 
Imagens Dia Online