10/01/2020

Homem é preso com arma turca em ônibus na BR-153, em Hidrolândia

A arma estava em uma embalagem emborrachada, dentro da bagagem de mão do passageiro.

Um homem, de 24 anos, foi preso, na manhã desta sexta-feira (10/1), com uma arma turca em um ônibus na BR-153, em Hidrolândia, a cerca de 36 quilômetros da capital.

Conforme informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o homem era passageiro de um ônibus que saiu de Foz do Iguaçu, na divisa do Paraguai, e seguia para Brasília.

Durante uma fiscalização de rotina aos passageiros, os policiais rodoviários federais encontraram uma pistola calibre 9 mm, de fabricação turca da marca Tisas kanuni, com 10 munições.

A arma estava em uma embalagem emborrachada, dentro da bagagem de mão do passageiro. A PRF informou que os criminosos utilizam essa tática para despistar cães farejadores.

Por portar arma de uso restrito no Brasil o homem foi detido e conduzido à Polícia Civil para o registro e encaminhamento da ocorrência.

Além do homem preso com arma turca em ônibus na BR-153, em Hidrolândia, jovem de 18 anos foi flagrado com kit rajada em ônibus, em Goiás

Um rapaz de 18 anos foi preso no dia 30 de outubro na unidade da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Guapó, após ser flagrado portando ilegalmente uma pistola com kit rajada que transforma a arma em submetralhadora. O homem estava num ônibus de viagem interestadual e possui uma extensa ficha criminal.

ônibus, abordado pela PRF em sua unidade operacional para averiguação de rotina, seguia de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, para Goiânia. A PRF conta que quando abordou o suspeito, identificado como Maurício Ferreira Filho, de 18 anos, estranhou o peso de sua bagagem de mão.

Os agentes da corporação, então, abriram a mochila e se depararam com uma pistola Glock 9mm com um kit rajada acoplado. De acordo um policial, o apetrecho transforma a pistola, normalmente usada pelas forças armadas, em um tipo de submetralhadora. A arma tática é de origem austríaca e, acoplada com o kit rajada, é capaz de disparar mais de uma dezena de tiros por segundo.

Além da Glock, os policiais encontraram com Maurício 100 munições e dois carregadores.

Maurício foi encaminhado para a Central de Flagrantes da região, onde foi autuado por porte ilegal de arma e munição.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online