11/01/2020

Homem se passa por empresário e tenta aplicar golpe dentro de cartório em Goiânia

Segundo a corporação, o preso agia em conjunto com seu comparsa que conseguiu fugir no momento em que os policiais chegaram ao local.

A Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) prendeu, nesta sexta-feira (10/1), um homem que se passou por empresário e tentou aplicar golpe dentro de cartório em outra pessoa, em Goiânia.

Segundo a corporação, o preso agia em conjunto com seu comparsa que conseguiu fugir no momento em que os policiais chegaram ao local.

De acordo com informações da Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO), a prisão aconteceu por meio da Equipe de Choque, que recebeu uma denúncia que informava sobre dois homens que estariam no interior do Cartório Cândido de Oliveira, em Goiânia, tentando aplicar um golpe.

Na ocasião os dois se passavam pelo proprietário de uma empresa. Eles tentavam fazer uma procuração para um terceiro, dando a ele plenos poderes.

Diante da situação, a equipe se deslocou até o endereço onde conseguiu abordar na porta do cartório um dos homens envolvidos. O outro conseguiu fugir do local.

Homem que tentou aplicar golpe dentro de cartório estava com identidade falsa

De acordo com informações da Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO), no momento do flagrante os policiais militares constataram que o abordado estava com uma identidade falsa, se passando por proprietário de uma empresa localizada em Goiânia.

Ainda segundo a Polícia Militar, após a identificação do acusado de aplicar golpe dentro de cartório, foi constatado o verdadeiro nome do detido.

Este ostentava passagens pela polícia pelos artigos 129 e 163 do Código Penal Brasileiro (CPB). Além disso, durante a ocorrência foi identificado os dados do outro homem, que fugiu do local.

Na ocasião os policiais militares verificaram que o fugitivo também possui diversas passagens pelos artigos 171, 155 e 304 do CPB.

De acordo com informações da Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO), diante dos fatos o detido foi conduzido juntamente com os objetos apreendidos para a Central Geral de Flagrantes para a realização dos procedimentos legais.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online