12/01/2020

Casal é pego com 50 quilos de maconha em fundo falso de carro, em Anápolis

Segundo informações da PRF, o casal estava num veículo vindo de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, com destino a Brasília.

Um casal foi preso em um posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Anápolis, no último sábado (11/1), pelo crime de tráfico de drogas. Na tentativa de passarem ilesos pela barreira policial, a dupla havia escondido cerca de 50 quilos de maconha no fundo falso do carro em que estavam.

Segundo informações da PRF, o casal estava num veículo vindo de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, com destino a Brasília, Distrito Federal, quando foi abordado pelos policiais. Durante a abordagem, foi verificado que o homem já possuía um mandado de prisão em seu nome. Neste momento, os agentes da PRF que atuavam na abordagem resolveram fiscalizar com maior rigor o veículo em que estava o casal. Foi então que descobriram um fundo falso na região do porta-malas do carro.

No esconderijo, os policiais se depararam com cerca de 50 quilos de maconha que seriam levados e entregues na capital federal. Pelo transporte ilícito, os dois receberiam a quantia de R$ 10 mil.

Ainda conforme a PRF, a dupla foi presa em flagrante e conduzida à autoridade policial em Anápolis.

Além de caso de Anápolis em que casal foi preso com drogas em fundo falso de carro, em Goiatuba uma dupla também foi pega por tráfico

Em novembro do ano passado, os policiais civis da Delegacia de Goiatuba efetuaram a prisão de um casal que já havia sido preso por tráfico. A mulher, inclusive, já teria sido presa duas vezes somente este ano.

O mandado de prisão  preventiva foi cumprido no dia 22/11 contra Hudson Silva Sousa, 27 anos, e Greice Queli Pádua de Paula, 26 anos,  pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico de drogas.

Os dois, que são casados, já possuíam antecedentes criminais por tráfico ilícito de entorpecentes. No ano passado, Greice foi presa em flagrante duas vezes. Ao ser colocada em liberdade, mesmo com tornozeleira eletrônica, ela voltou a traficar.

Além disso, a mãe de Greice, Telma Maria, já havia sido presa em flagrante há cerca de dez dias pelos mesmos crimes. No momento da prisão, foram encontradas mais de 60 pedras de crack em sua residência.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online