14/01/2020

Traficante é preso com drogas e 17 celulares que seriam jogados em presídio de Mineiros 

Segundo a Polícia Militar, na residência do indivíduo foram encontradas porções de maconha prontas para comercialização, balança de precisão e dinheiro proveniente do tráfico de drogas.

A Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) prendeu um homem apontado como traficante que estava com drogas e 17 celulares que seriam jogados em presídio de Mineiros.

Segundo a corporação, na residência do indivíduo foram encontradas porções de maconha prontas para comercialização, balança de precisão e dinheiro proveniente do tráfico de drogas.

De acordo com informações da Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO), a prisão aconteceu por meio da equipe do Comando de Policiamento Especializado (CPE), que realizava um patrulhamento pelo Setor José Maurício Viana, em Mineiros.

Na ocasião a equipe policial visualizou um indivíduo em atitude suspeita e então foi realizada a abordagem. Com o homem foram localizadas cinco porções de maconha.

Dando continuidade a diligência, foi localizado na residência do abordado uma balança digital de precisão, porções de drogas para comercialização e quatro tabletes de maconha. Ainda segundo os policiais militares, também foi encontrado dinheiro em espécie proveniente da venda de drogas. Além da droga, foi localizada também uma mochila com diversos celulares, carregadores e fones de ouvido.

O abordado contou que os 17 celulares seriam jogados por cima do muro do presídio de Mineiros. Diante da situação, o homem, as drogas e os outros objetos foram conduzidos a delegacia local onde foram tomadas as medidas cabíveis.

Além de 17 celulares que seriam jogados em presídio de Mineiros, servidores evitaram entrada de celulares em Catalão

No início deste mês, servidores evitaram a entrada de 7 celulares em presídio de Catalão, a 262 quilômetros de Goiânia. Os aparelhos eletrônicos foram arremessados por cima do muro em direção a uma das alas do presídio.

De acordo com informações da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), na tarde desta quinta-feira (2/1) servidores da Unidade Prisional (UP) de Catalão evitaram a entrada de sete celulares no presídio.

Ainda segundo a DGAP, os objetos foram arremessados por cima do muro do presídio em direção a uma das alas do local.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online