15/01/2020

Dois adolescentes morrem afogados em lagos de Goiás nesta semana

Só nesta semana, dois adolescentes de 17 e 16 anos morreram afogados de forma trágica ao nadarem em lagos do estado, em Goiatuba e Planaltina de Goiás.

Famosos pela beleza, os lagos de Goiás costumam atrair turistas de toda parte do país. Entretanto, é preciso ter cautela na hora de apreciar os prazeres proporcionados pela natureza. Só nesta semana, dois adolescentes de 17 e 16 anos morreram afogados de forma trágica ao nadarem em lagos do estado, em Goiatuba e Planaltina de Goiás.

O primeiro caso, de Goiatuba, foi o do jovem Raphael Kilddery, de 17 anos. No último domingo (12/1), Raphael morreu após se afogar no Lago dos Buritis, na região central do município. Conforme informações divulgadas na ocasião, o Corpo de Bombeiros foi acionado, mas quando chegou ao local, o adolescente já havia sido retirado da água.

Em entrevista a uma TV local, amigos disseram que a vítima havia sido vista pela última vez nadando, momento que sumiu da superfície. Os militares ainda tentaram reanimar o rapaz, que foi rapidamente encaminhado para o Hospital Municipal de Goiatuba, onde não resistiu e morreu.

Pelas redes sociais, amigos lamentaram a perda do rapaz e desejaram conforto para a família.

Já no outro caso, ocorrido na última terça-feira (14/1) em Planaltina de Goiás, um jovem identificado somente como Guilherme, de 16 anos, se afogou na Lagoa Formosa após tentar atravessá-la a nado. O jovem estava distante da margem e nadando com amigos, e quando chegou em um ponto da lagoa com aproximadamente três metros de profundidade, acabou afundando. O Corpo de Bombeiros foi chamado, mas já era tarde.

As buscas para encontrar corpo de Guilherme foram interrompidas na noite de ontem e continuam na manhã de hoje (15/1). Cinco bombeiros militares participam da procura.

Afogamentos em lagos de Goiás acendem alerta; bombeiros pedem cuidado

Na hora de entrar na água, todo cuidado é pouco para prevenir uma tragédia. O Corpo de Bombeiros Militar de Goiás traz uma série de dicar que visam evitar a ocorrência de afogamentos em lagos, lagoas e represas. Confira abaixo:

1. Não entre na água se tiver ingerido bebida alcoólica;

2. Sempre informe um parente ou amigo sobre o local e a hora do seu retorno, se for fazer esse tipo de passeio sozinho;

3. Antes de pescar ou tomar banho certifique-se que o local é seguro;

4. Sempre utilize colete salva-vidas quando estiver embarcado, sejam em canoa ou Jet-ski;

5. Tome muito cuidado ao caminhar sobre as pedras para não escorregar e cair na água;

6. Nunca mergulhe de cabeça, pois isto já provocou diversas mortes ou paralisia;

7. Não lute contra a correnteza, guarde suas forças para flutuar e pedir socorro, colocando seus pés à frente e a barriga para cima, e direcione o braço de forma a usá-lo como um leme, desta forma a própria correnteza o levará a margem;

8. Se você for socorrer alguém, utilize de meios de improviso, evitando o contato direto com a vítima, por exemplo, jogue uma corda com algum objeto que flutue na ponta e após a vítima agarrar o objeto puxe para a margem;

9. Os pais ou responsáveis sempre devem supervisionar as crianças, não deixando-as sozinhas próximas de rios ou lagos, mesmo que estejam utilizando o colete salva-vidas.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online