13/02/2020

Com fortes chuvas, árvore cai em cima de caminhão na GO-080

O veículo estava em movimento e a árvore caiu sobre a cabine. Apesar do susto, ninguém se feriu.

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) foi acionado, nesta quarta-feira (12/2), para atender uma ocorrência onde uma árvore caiu em cima de um caminhão, na GO-080.

Conforme informações, o caminhão estava em movimento seguindo no sentido Goianésia para Jaraguá e, ao passar pelo KM 3, uma árvore caiu sobre o veículo.

De acordo com os bombeiros que atuaram na ocorrência, chovia na região no momento do acidente. A árvore caiu atingindo a cabine do veículo, que estava em movimento.

A pista precisou ser interditada para o corte e desobstrução da via, sendo liberada em seguida. Apesar do susto, não houve feridos. Veja a foto registrada pelos bombeiros no momento da ocorrência:

Com fortes chuvas, árvore cai em cima de caminhão na GO-080
Foto: CBMGO

Além da árvore que caiu em cima de caminhão na GO-080, outra caiu e matou menino no DF

Em setembro de 2019, um outro acidente com queda de árvore foi registrado. Desta vez, um menino morreu em uma cachoeira após árvore cair sobre ele, no Distrito Federal.

O menino, Igor de Souza Santos, estava junto com o pai, Paulo de Souza Rocha, de 38 anos, brincando na Cachoeirinha do Boqueirão, região do Paranoá, no Distrito Federal.

No momento que os dois brincavam na cachoeira, por volta de 17, um tronco de uma árvore caiu sobre os dois, que ficaram presos. A mãe do menino, Paula Márcia Oliveira Santos, de 35 anos, também estava no local, mas como estava distante não foi atingida.

Paula tentou retirar o tronco de cima dos dois, mas não conseguiu. Ela então começou a pedir socorro e algumas pessoas da região chegaram e ajudaram na retirada do tronco.

O menino e pai foram socorridos e caminhados para o Hospital Regional de Paranoá (HRPA), mas o menino não resistiu e morreu. Quando chegou ao hospital ele já estava inconsciente e sem batimentos cardíacos, além de sangramento no nariz e boca. Os médicos tentaram reanimar o menino durante 40 minutos, sem sucesso.

Paulo, pai do menino, teve um corte profundo na cabeça e precisou ser encaminhado para o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) a fim de fazer exames mais detalhados. Apesar do corte, ele estava consciente.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online