14/02/2020

Força-tarefa apreende bebidas avaliadas em R$ 1 milhão, em Goiás

Durante a operação, os policiais prenderam um homem considerado o maior  receptador de bebidas roubadas, furtadas e sonegadas em Goiás.

Uma força-tarefa composta pela Polícia Civil, através da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Secretaria Estadual de Economia apreendeu bebidas avaliadas em cerca de R$ 1 milhão de reais, em Goiás.

O caso será apresentado nesta sexta-feira (14/2), às 16h, na Secretaria da Economia, em frente ao batalhão fazendário, próximo à Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária (Dot).

Conforme informações preliminares, a operação lacrou um galpão com as bebidas de origem ilícita, a carga está avaliada em cerca de um milhão. Além disso, três pessoas foram presas, entras elas um homem considerado o maior  receptador de bebidas roubadas, furtadas e sonegadas em Goiás. Ele já era procurado pela Polícia Civil há quase um ano.

Os resultados da operação serão apresentados durante coletiva de imprensa nesta tarde, pelo Delegado titular da Decar, Alexandre Bruno de Barros, o Delegado regional de fiscalização de Goiânia (Secretaria da Economia) Gerson Segundo de Almeida e o Inspetor Newton Morais, da PRF. 

Além da força-tarefa que apreendeu bebidas avaliadas em R$ 1 milhão, em Goiás, uma carga de bebidas avaliada em R$ 150 mil foi recuperada pela PRF, no DF

Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou, na tarde de terça-feira (28/1), uma carga de bebidas avaliada em cerca de R$ 150 mil, no Distrito Federal (DF).

Conforme informações, o flagrante aconteceu na região de Ponta Alta no Gama. A empresa de rastreamento do veículo informou a localização da carreta e os policiais se deslocaram ao local.

Os agentes rodoviários federais fizeram a abordagem e, ao verificar a carga, os federais constataram que a mesma havia sido roubada. O caminhão estava carregado de cerveja, refrigerante e chopp, com um valor aproximado de R$ 150 mil reais.

O suspeito de cometer o crime abandonou a carga logo em seguida, quando percebeu que o veículo estava bloqueado. O motorista responsável pelo transporte foi liberado ileso na região do Girassol, próximo a Águas Lindas de Goiás.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online