14/02/2020

Preso em Goiás um dos maiores assaltantes de bancos da Bahia

Durante as investigações, os policiais tomaram conhecimento de que o suspeito seria o responsável por pelo menos dois crimes de furto e roubo a caixas eletrônicos que aconteceram na cidade de Águas Lindas.

A Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) apresenta nesta sexta-feira, às 10h, o caso da prisão de um homem, em Goiás, que é considerado um dos maiores assaltantes de bancos do estado da Bahia.

A prisão foi efetuada na última terça-feira (11/2), por meio do  Grupo Antirroubo a Banco (GAB) da Delegacia de Investigações Criminais e do Grupo Tático (GT3).

Conforme informações da Polícia Civil, o homem, de 40 anos, já era investigado pela prática do crime de furto e roubo a caixas eletrônicos na cidade de Águas Lindas de Goiás, onde morava há três anos.

A abordagem do homem preso em Goiás que é considerado um dos maiores assaltantes de bancos da Bahia

Na última terça-feira (14/2), o suspeito estava em um veículo Fiat Uno, mas não obedeceu uma ordem de parada dos policiais e tentou fugir da ação policial. Neste momento, os investigadores da Polícia Civil começaram o acompanhamento para capturar o homem, que só parou após perder o controle do veículo e chocar-se contra o muro de uma residência.

Após a abordagem e busca veicular, os policiais foram até a casa do investigado, onde foram apreendidas roupas, rádios comunicadores e outros objetos utilizados nas empreitadas criminosas.

Durante as investigações, os policiais tomaram conhecimento de que o suspeito seria o responsável por pelo menos dois crimes de furto e roubo a caixas eletrônicos que aconteceram na cidade de Águas Lindas.

Conforme informações, o primeiro crime foi registrado na madrugada do dia 22 de maio de 2019 em uma farmácia, localizada no Setor Guaíra I. O outro aconteceu também durante a madrugada, mas no dia 3 de novembro de 2019, em uma galeria  localizada no Setor Parque da Barragem.

Ainda há indícios de que na segunda atuação o homem rendeu um segurança do local enquanto realizava o “corte” dos terminais de autoatendimento bancário.

O suspeito estava há três anos morando na cidade de Águas Lindas e utilizava um nome falso para evitar a prisão. Ele já possui uma condenação por roubo a bancos na modalidade cangaço, no estado da Bahia, e é investigado pelo envolvimento a roubos de carros-forte.

Mais detalhes e imagens sobre o caso serão divulgados pelo Delegado José Antônio de Podestá, às 10h30, em entrevista coletiva na Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), no setor Cidade Jardim.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online