15/05/2020

PRF faz operação em pontos campeões de acidentes nas rodovias de Goiás

De acordo com o levantamento realizado pela PRF, três dos 150 pontos com os maiores índices de acidentes estão em Goiás.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou, na última quinta-feira (14/5), uma grande operação com foco na prevenção de acidentes nas BRs do país. O objetivo, segundo a corporação, é coibir condutas perigosas e reduzir o número de acidentes nos pontos críticos de acidentalidade. No total, 150 trechos, incluindo alguns em rodovias de Goiás, receberão reforços das equipes.

Conforme a PRF, os 150 trechos têm 10 quilômetros de extensão e contam com os maiores índices de acidentalidade, considerando o período de 11/3 a 30/4.

Os policiais rodoviários federais estarão atentos ao uso do cinto de segurança, desrespeito aos veículos de menor porte, manobras proibidas, distância de segurança, conversões irregulares entre outras condutas que potencializam os riscos no trânsito.

A expectativa da corporação policial é que com a população consciente dos riscos e atenta às leis, os acidentes sejam evitados e o número de feridos reduzido, gerando maior disponibilidade de leitos para vítimas do coronavírus. Além disso, vítimas de acidentes podem se tornar potenciais infectados com a covid-19 em razão da exposição ao vírus no ambiente hospitalar. Esse é também um risco que será ressaltado na Operação Nacional de Segurança Viária.

A operação deve seguir até o dia 18 deste mês, segunda-feira.

Três dos pontos com maior índice de acidentes estão em rodovias de Goiás

De acordo com o levantamento realizado pela PRF, três dos 150 pontos com os maiores índices de acidentes estão em Goiás, sendo dois na BR-153, na Região Metropolitana de Goiânia – km 500 ao 510, ocupando a 26º posição no ranking- e do km 510 ao 520, trecho que ocupa a 29º posição.

O outro ponto está na BR-050, em Campo Alegre de Goiás, entre os kms 160 e 170, ocupando a posição 139 no levantamento dos trechos de maior gravidade dos acidentes no país.

O estudo indicou que apesar da redução no fluxo de veículos e a consequente diminuição dos acidentes, eles têm sido mais graves, com alto número de feridos e mortes. A percepção é que a mudança no fluxo altera também o comportamento do trânsito e, por isso, a PRF reacende o alerta aos motoristas para que se mantenham atentos, percebam os riscos à segurança, avaliem suas condutas e preservem a vida.

Confira aqui os números de acidentalidade nos três trechos críticos de Goiás:

BR-153 trecho Km 500-510

16 acidentes

10 feridos leves

5 feridos graves

15 feridos

1 morto

5 acidentes graves

BR-153 trecho Km 510-520

9 acidentes

6 feridos leves

4 feridos graves

10 feridos

1 morto

5 acidentes graves

BR 050 trecho Km 160-170

2 acidentes

0 ferido leve

1 ferido grave

1 ferido

1 morto

2 acidentes graves

Via Dia Online 
Imagens Dia Online