16/05/2020

Dois morrem após caminhonete capotar e cair em área alagada na GO-164

Acidente ocorreu na noite desta sexta-feira (15/5), na zona rural de Quirinópolis. Vítimas, de 68 e 47 anos, podem ter morrido afogadas. IML deve apontar causas.

Dois homens morreram após a caminhonete em que estavam capotar e cair em uma área alagada às margens da GO-164, na zona rural de Quirinópolis, região Sudoeste de Goiás. O acidente ocorreu na noite desta sexta-feira (15/5).

Segundo informações do Corpo de Bombeiros (CBMGO), as equipes de resgate foram acionadas às 19h40. No local, os militares encontraram um veículo S-10 capotado dentro de uma área alagada às margens da rodovia. Somente as rodas do carro estavam à mostra.

Caminhonete pode ter capotado e caído em água após passar em farelo derramado na GO-164

No veículo havia duas vítimas em óbito. Tratam-se de dois homens, de 68 e 47 anos. Utilizando técnicas de salvamento os bombeiros, mesmo com o veículo dentro d’agua, realizaram o desencarceramento dos corpos, que ficaram aos cuidados do Instituto Médico Legal (IML).

Informações preliminares apontam que o condutor da caminhonete teria perdido o controle por conta de farelo de milho derramado sobre a pista; incidente que teria ocorrido com um outro veículo de carga.

As causas do acidente serão apuradas. No momento, segundo a corporação, a possibilidade das vítimas terem morrido afogadas não é descartada.

Caminhão cai em rio e duas pessoas morrem afogadas

Também nesta sexta-feira (15/5), pela manhã, o Corpo de Bombeiros foi acionado para atender uma ocorrência de acidente de trânsito, onde duas pessoas morreram afogadas após caminhão cair em rio, em Cocalzinho de Goiás, no Leste Goiano.

Conforme informações, o motorista do caminhão acabou perdendo o controle da direção e caiu no Rio Oliveira Costa, na BR-414, no quilômetro 35. O veículo estava carregado com batatas.

Quando chegaram no local, os militares constataram que os ocupantes já estavam sem vida e presos às ferragens do veículo, que ficou com a cabine submersa no rio.

Diante disso, a equipe, composta também por mergulhadores, retirou as vítimas submersas e deixaram, em seguida, os corpos sob a responsabilidade do IML.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online