16/05/2020

Itumbiara convoca universitários para voluntariado contra a covid-19

Em comunicado, a gestão municipal pede ajuda de acadêmicos dos cursos de Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia ou Medicina. Cadastro segue aberto até 20 de maio.

A Prefeitura de Itumbiara convida estudantes universitários da área da saúde para serem voluntários na luta contra a covid-19. Até esta sexta-feira (15/5), a cidade, localizada no Sul de Goiás, tinha 21 casos confirmados do novo coronavírus, causador da doença. Desse total, 11 pacientes já se recuperaram.

Em comunicado, a gestão municipal pede que acadêmicos dos cursos de Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia ou Medicina, cadastrem-se como voluntários e reforça que “a colaboração social é muito importante para que a gente consiga superar” a pandemia.

Inscrições para voluntariado contra a covid-19 em Itumbiara seguem até 20 de maio

Ainda de acordo com a prefeitura, os interessados têm até a próxima quarta-feira (20/5) para se inscrever. Informações podem ser obtidas pelo WhatsApp: (64) 9 9245-7555.

Leia na íntegra:

Estamos vivendo um momento inédito e difícil, onde nossas forças devem ser somadas para garantir o bem estar e saúde de todos e a recuperação econômica de nossa cidade. 

A colaboração social é muito importante para que a gente consiga superar, por isso, você que é acadêmico dos cursos de: Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia ou Medicina, cadastre-se como voluntário e faça parte da equipe de enfrentamento ao Corona Vírus. 

Acesse o link e se inscreva até quarta-feira: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfJzJDJr3x2AmaoMGuUl_wkzsFUxgns5hmyImrUo3g5dE26nw/viewform.

Covid-19 e Goiás

Segundo boletim epidemiológico deste sábado, 16 de maio, Goiás tem 1.647 casos de covid-19 confirmados. Destes, 69 pessoas já morreram pela doença. Ainda de ainda de acordo com levantamento da Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO), há 14.615 casos suspeitos em investigação e outros 4.911 já foram descartados. O Laboratório Estadual de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros (Lacen-GO) analisa 135 amostras.

“Os dados podem ser alterados para mais ou para menos conforme investigação das Vigilância Epidemiológicas Municipais e atualização das fichas de notificações pelos municípios nos sistemas oficiais. Diante de eventuais inconsistências nos números, estes serão atualizados a partir das correções feitas pelas cidades nos sistemas de notificação”, diz o documento.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online