18/05/2020

Em 10 dias, 6 casos de covid-19 são confirmados em Palmeiras de Goiás 

Durante o mesmo período, o número de casos em observação, que apresentam alguma síndrome gripal, também subiu de dois para 33.

A Secretaria Municipal de Saúde de Palmeiras de Goiás confirmou, em apenas 10 dias, seis casos de covid-19 na cidade. O último caso foi registrado neste domingo (17/5).

Conforme informações da Prefeitura, o sexto caso trata-se de um homem com mais de 50 anos, que encontra-se em isolamento no Pronto Socorro Marconi Perillo, que tornou-se unidade específica para atendimento às vitimas de coronavírus. Antes do resultado do exame, o paciente estava em isolamento domiciliar.

Durante o mesmo período, o número de casos em observação, que apresentam alguma síndrome gripal, também subiu de dois para 33. Entretanto, até este domingo não havia casos suspeitos na cidade, segundo a prefeitura da cidade. Já nos dados da plataforma COVID-19, do Governo Estadual, o número de casos suspeitos é de 27.

Nota sobre os casos de covid-19 confirmados em Palmeiras de Goiás

De acordo com a Prefeitura de Palmeiras de Goiás, a diferenciação nos números apresentados pelo Governo e pela Saúde Municipal pode ser explicada por enquadramento no sistema. Confira a nota divulgada pela prefeitura:

Está sendo observado uma diferenciação entre os números do Governo de Goiás e a Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Palmeiras de Goiás em relação aos dados da pandemia de coronavírus. É necessário esclarecer que para o Governo de Goiás, se uma pessoa apresentar dois sintomas de síndrome gripal, como por exemplo: tosse e coriza, ela já é computada como suspeita pelo relatório epidemiológico estadual que rege sobre síndromes gripais, e não especifica a covid-19.

Para a Secretaria Municipal de Saúde, esta pessoa é cadastrada no sistema como em observação. A Secretaria Municipal de Saúde só cadastra como suspeito, quando a pessoa apresentar mais de dois sintomas de síndrome gripal, ou se este paciente teve contato com pessoas contaminadas, ou ainda esteve em local onde a doença está em alto grau de disseminação. Neste caso, a pessoa é colocada imediatamente em isolamento social e é coletado material para exame.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online