18/05/2020

Homem é preso suspeito de agredir companheira com marreta, em Goiânia

Ela apresentava vários ferimentos pelo corpo e informou que foi proibida de sair de casa.

Um homem, de 38 anos, foi preso na noite deste domingo (17/5) suspeito de agredir a companheira com golpes de marreta, no Jardim Novo Mundo, em Goiânia.

A mulher, de 28 anos, contou que estava proibida de sair há alguns dias. Além disso, ela foi agredida com um golpe de marreta nas costas, com socos e chutes. Segundo relatos, ela ainda recebeu várias ameaças de morte.

A Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) foi acionada por vizinhos que ouviram gritos da vítima. A princípio, o homem negou o crime, mas acabou sendo preso em flagrante pela prática dos crimes de lesão corporal, ameaça e cárcere privado.

Como aconteceu a prisão do homem suspeito de agredir companheira com marreta, em Goiânia

Conforme informações, uma equipe estava em patrulhamento pela região leste da capital quando os policiais foram informados sobre uma possível ocorrência de violência doméstica. Os vizinhos escutaram pedidos de socorro da vítima.

Diante disso, os militares se deslocaram até a residência e foram recebidos pelo marido da vítima, que negou estar acontecendo algum crime e e afirmou ser apenas uma discussão. Entretanto, os policiais desconfiaram e entraram na residência, momento que encontraram a vítima jogada no chão do quarto com vários ferimentos nas pernas e no rosto.

A mulher contou aos policiais que, após ser espancada pelo marido, ele a ameaçou dizendo que iria matá-la e depois tirar a própria vida. Ela ainda relatou que, na noite anterior, o agressor a colocou no carro e passou por vários lugares afastados, dizendo a todo instante que a mataria.

Ela foi socorrida e levada para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Já o suspeito, foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), onde foi  autuado pelos crimes de lesão corporal, ameaça e cárcere privado.
Via Dia Online 
Imagens Dia Online