19/05/2020

Motociclista bêbado se envolve em acidente e passageiro morre na GO-060

O piloto ainda não foi encaminhado para a delegacia e, por causa da gravidade das lesões, seria encaminhado para o centro cirúrgico. Ainda não há previsão de alta.

Um grave acidente foi registrado na noite desta segunda-feira (18/5), no Jardim Petrópolis, em Goiânia. Um motociclista bêbado se envolveu em um acidente e o passageiro morreu na GO-060.

Conforme informações da Delegacia Especializada em Investigação de Crimes de Trânsito (Dict), o piloto, de 33 anos, conduzia uma motocicleta pela rodovia GO-060, quando bateu contra um guard rail em um trecho mais estreito da via.

Com o impacto, os dois ocupantes caíram da motocicleta, mas o passageiro não resistiu aos ferimentos e morreu na hora. Já o piloto foi socorrido e encaminhado para o Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol).

Diante dos fatos, os policiais da Dict foram até a unidade de saúde para que o motociclista fizesse o teste do bafômetro, que deu resultado positivo para embriaguez ao volante, com 0.61mg/L. Entretanto, por causa da gravidade das lesões, ele seria encaminhado para o centro cirúrgico, por isso ainda não foi encaminhado para a delegacia.

Motociclista bêbado se envolve em acidente e passageiro morre na GO-060
Foto: Dict

Além do motociclista bêbado que se envolveu em acidente e passageiro morreu na GO-060, outras quatro pessoas morreram na GO-174, em Rio Verde

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) foi acionado, no fim da tarde desta segunda-feira (18/5), para atender uma ocorrência onde dois adultos e duas crianças morreram em um grave acidente na GO-174, em Rio Verde.

Conforme informações, um carro de passeio, que estava com os quatro ocupantes, se envolveu em um acidente com uma carreta. O motorista teria batido na lateral do veículo de grande porte e saído da pista.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (SAMU) foi acionado para socorrer as vítimas, mas quando chegou local constatou os óbitos. As vítimas ficaram presas às ferragens e os bombeiros utilizaram desencarcerador, materiais de isolamento e linha de mangueira com esguicho para retirar os corpos.

A Polícia Técnico-Científica e o Instituto Médico Legal (IML) também estiveram no local para averiguar as causas do acidente e retirar os corpos. 

Via Dia Online 
Imagens Dia Online