21/05/2020

Goiás confirma 106 novos casos e 7 mortes por coronavírus

No total, Goiás conta 2. 155 casos e 85 mortes em decorrência da doença covid-19.

De acordo com boletim da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) desta quinta-feira (21/5), 106 novos casos e 7 mortes foram confirmadas no estado.

Conforme os dados divulgados, Goiás conta com 2. 155 casos doença pelo coronavírus 2019 (Covid-19). No Estado, há 16.585 casos suspeitos em investigação. Outros 6.493 já foram descartados. No Laboratório Estadual de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros (Lacen-GO) há 129 amostras em análise.

Há 85 óbitos confirmados de Covid-19 em Goiás até o momento. Há 24 óbitos suspeitos que estão em investigação. Já foram descartadas 187 mortes suspeitas nos municípios goianos.

No total, 95 municípios já contam com casos confirmados da doença. Outros 113 contam somente com casos suspeitos e 38 sem nenhum registro. Veja a lista com os dez municípios com mais casos da covid-19:

  • Goiânia – 1049
  • Aparecida de Goiânia – 207
  • Anápolis – 110
  • Valparaíso de Goiás – 75
  • Luziânia – 52
  • Águas Lindas de Goiás – 41
  • Jataí – 39
  • Goianésia – 34
  • Rio Verde – 33
  • Senador Canedo – 31

Com 106 novos casos e 7 mortes por coronavírus, Goiás atinge nível vermelho e isolamento fica abaixo de 36%

Goiás chegou ao nível vermelho de isolamento social em comparação aos outros estados brasileiros. O índice registrado, nesta quarta-feira (20/5), foi de apenas 35,9%, de acordo com levantamento da empresa In Loco. Ainda conforme a pesquisa, o Amapá lidera o ranking nacional de isolamento, com taxa de 55,80%.

Os governadores, entre eles Caiado, e o presidente Jair Bolsonaro participaram de uma reunião, via videoconferência, nesta quinta-feira (21/5). Foram discutidas questões econômicas, mas o isolamento social, um dos principais pontos de divergência entre os governadores e o chefe do Executivo, não foi discutido

Além dos gestores estaduais, os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), participaram do encontro virtual. Na reunião também não houve espaço para cobrar do governo federal a entrega de testes, respiradores e kits de equipamento pessoal.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online