25/05/2020

Alego suspende atividades presenciais e remotas para desinfecção

Segundo nota, suspensão será do dia 26 ao dia 29. Até o momento, não há informações sobre deputados ou outros servidores que testaram positivo para a covid-19, causada pelo novo coronavírus.

A Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) suspendeu todas as atividades presenciais até a próxima sexta-feira (29/5), para que a Casa passe por desinfecção e higienização. Em nota, divulgada nesta segunda-feira (25/5), a Alego informou que as sessões remotas também foram suspensas.

Conforme o texto, a suspensão das atividades ocorre como medida de prevenção à covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Até o momento, não há informações sobre deputados ou outros servidores positivados para doença.

Leia a nota na íntegra:

Como medida de prevenção à covid-19, de 26 a 29 de maio, estão suspensas as atividades presenciais e sessões remotas. No período, será realizado procedimento de desinfecção e de higienização da Casa.

A Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), como medida de segurança e prevenção à covid-19, suspenderá as atividades presenciais, legislativas e administrativas do dia 26 a 29 de maio. As sessões remotas também serão suspensas e ficará mantido o regime de teletrabalho. Durante o período, será realizado procedimento de desinfecção e de higienização em todas as áreas e salas da Alego.

A decisão faz parte da série de medidas preventivas adotadas diariamente no Parlamento goiano, como aferimento de temperatura e limpeza de mãos e calçados com álcool 70%.

Também foram instalados banheiros externos para que os visitantes e servidores possam usá-los sem a necessidade de adentrar nas dependências da Casa a todo momento.

Além da Alego, Câmara de Goiânia também suspense atividades para desinfecção

Na última semana, a Câmara de Goiânia também suspendeu todas as atividades para que a Casa passasse por desinfecção e higienização. Ação ocorreu após uma servidora testar positivo para a covid-19; o marido dela morreu em decorrência da infecção pelo coronavírus.

De acordo com o vereador e presidente da Casa, as atividades seguem suspensas até novo entendimento da Mesa Diretora do Poder Legislativo.

Leia a nota na íntegra:

A Câmara de Goiânia lamenta profundamente o falecimento, em decorrência de infecção por Covid-19, do cônjuge de servidora lotada no gabinete do vereador Divino Rodrigues. A funcionária, que pertence ao quadro efetivo da Companhia Municipal de Urbanização (Comurg), à disposição do Poder Legislativo, testou positivo para o novo coronavírus e está em isolamento, em casa.

A servidora já estava afastada do trabalho, em home office, em cumprimento às medidas de distanciamento social previamente determinadas pela Mesa Diretora, ainda no mês de março.

Tão logo foi informado do ocorrido, o vereador Divino Rodrigues comunicou e relatou os acontecimentos à Mesa Diretora do Poder Legislativo. O vereador seguiu as recomendações do Departamento Médico da Casa, já está em isolamento e tomará as providências para submeter-se ao exame nesta quarta-feira, 20.

A Mesa Diretora reafirma que estão inteiramente suspensas, até novo entendimento do Departamento Médico da Casa, todas atividades dos Gabinetes dos Vereadores. A ala dos Gabinetes será completamente isolada a partir desta quarta-feira, 20, e o prédio da Câmara de Goiânia será submetido a desinfecção.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online