21/06/2020

Motociclista morre após bater em meio-fio, em Goiânia

Uma jovem, de 21 anos, estava como passageira e foi encaminhada para o hospital em estado grave.

Um motociclista, de 41 anos, morreu após bater em meio-fio, no Jardim Mariliza, em Goiânia. O acidente aconteceu na madrugada deste domingo (21/6) e uma passageira ficou gravemente ferida.

A Delegacia Especializada em Investigação de Crimes de Trânsito foi acionada por volta de de 3h para verificar as circunstâncias do acidente.

Segundo vestígios no local, a vítima, identificada como Murilo Rezende Barreto, de 41 anos, trafegava pela Avenida Diógenes Dolival Sampaio, sentido GO-020/Campus 2 da PUC.

Ele pilotava uma motocicleta Honda CBR 1000 RR, cor azul, e levava como passageira uma jovem, de 21 anos, identificada como Andressa da Silva Cantuário.

Conforme informações, quando o motociclista perdeu o controle da direção, chocou-se contra o meio-fio do canteiro central. Com o impacto, ele se desequilibrou e caiu dentro da ilha da rotatória.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (SAMU) foi acionado para socorrer as vítimas, mas o motociclista não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local. A passageira foi encaminhada para o Hospital de Urgências de Goiânia (HUGO) em estado grave.

Além do motociclista que morreu após bater em meio-fio, outros dois bateram de frente, em Goiânia

Durante a madrugada deste sábado (20/6), dois motociclistas morreram após baterem de frente em um acidente no Parque Industrial Paulista, em Goiânia.

Segundo vestígios no local, dois motociclistas trafegavam pela mesma avenida no momento do acidente. A vítima Artur Pereira Silva, de 18 anos, conduzia a motocicleta Honda/CG Titan, cor vermelha, e a outra vítima, Alfredo Marques Galvão Neto, de 28 anos, pilotava uma motocicleta Honda/CG 160 Fan, também de cor vermelha.

Ambos trafegavam pela Avenida Quito Junqueira, no Parque Industrial Paulista, momento que ocorreu a colisão frontal entre as motocicletas. De acordo com a Dict, ainda não foi estabelecido o sentido aproximado que as vítimas trafegavam.

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) foi acionado para socorrer as vítimas, que não resistiram e morreram ainda no local.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online