07/07/2020

Motorista bêbado deixa mulher ferida ao fugir de abordagem, em Luziânia

Homem foi abordado por policiais rodoviários na BR-040, mas resolveu fugir. Ele só parou após bater em outro carro, onde estava a mulher, e depois colidir em um muro. Ele estava com a CNH suspensa.

Um motorista bêbado tentou fugir de uma abordagem policial na BR-040, em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal, e acabou provocando um acidente de trânsito. Uma mulher ficou ferida. A ocorrência foi registrada na noite desta segunda-feira (6/7).

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o homem, com sinais claros de influência de álcool, foi abordado por uma equipe na rodovia, mas não obedeceu a ordem de parada e tentou fugir em alta velocidade pelas ruas do setor Jardim Ingá.

Durante o acompanhamento tático, o motorista bateu em um outro carro e só parou quando colidiu contra um muro. No outro veículo havia uma mulher, que ficou ferida. Um equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada para socorrer a vítima, que foi encaminhada para uma unidade de saúde da região.

Motorista bêbado que causou acidente em Luziânia estava com CNH suspensa desde 2013

Ainda segundo a corporação, o motorista bêbado se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas mesmo assim foi preso por dirigir sob influência de álcool, com base num termo de constatação de embriaguez, documento oficial que atesta a condição etílica do condutor.

Os policiais reforçaram na ocorrência que o homem estava com visíveis sinais de embriaguez. Foi apurado que o motorista que causou o acidente estava com a sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran), pois já havia sido flagrado pela mesma conduta em 2013

Após a prisão em flagrante, o motorista bêbado foi encaminhada ao Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) de Luziânia.

Embriaguez ao volante

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), “conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool” pode resultar em “penas de detenção, de seis meses a três anos, multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor.”

Via Dia Online 
Imagens Dia Online