31/07/2020

Goiás investiga quase 130 mil casos suspeitos de covid-19

Segundo dados da plataforma estadual, já são mais de 68.200 casos confirmados da doença no estado.

Goiás registra, até o início da tarde desta sexta-feira (31/7), 68.228 casos confirmados de covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. De acordo com a plataforma estadual, 128.316 casos suspeitos da infecção são investigados nos municípios goianos.

Desde o início da pandemia, o estado soma 1.656 mortes ocorridas em decorrência da covid-19. Outros 68 óbitos suspeitos são investigados em Goiás e, até o momento, 847 já foram descartados. A taxa de letalidade da covid-19 no estado é de 2,43%.

Testagem de casos suspeitos de covid-19 em Goiás

A testagem em massa de moradores que se cadastraram no aplicativo Dados do Bem, desenvolvido pelo Governo de Goiás, já começou em Goiânia. Na primeira testagem em uma unidade municipal 74 pessoas foram agendadas pelo aplicativo e 48 compareceram para a coleta de amostra do teste RT-PCR.

As coletas foram realizadas na unidade piloto USF São Francisco e mais 200 amostras serão coletadas esta semana em outras três unidades de forma experimental em relação à logística e funcionamento do app. Estarão em teste a USF Novo Planalto, USF Recanto das Minas Gerais e Ambulatório do Ciams Novo Horizonte. O Hospital de Campanha, unidade estadual, também está fazendo a coleta das amostras.

O aplicativo é coordenado pelo Governo de Goiás e pela parceria a prefeitura disponibiliza algumas unidades de saúde e mão de obra para fazer a coleta do material nas pessoas selecionadas. O APP funciona da seguinte forma: após a instalação do aplicativo o usuário irá preencher um questionário de autoavaliação de saúde.

Caso o aplicativo identifique que o paciente apresenta sintomas de síndrome gripal e possui um alto risco de infecção por covid-19, este será convidado a fazer um teste. Ao aceitar fazer o teste, o paciente receberá um QR Code com data, horário e local onde deverá comparecer para realizar a coleta de amostra para a testagem.

Todas amostras coletadas são encaminhadas para o Lacen e levadas posteriormente para a Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz), no Rio de Janeiro, que também é quem disponibiliza os kits de coleta, com exames RT-PCR. A Fundação também é responsável pelos resultados da testagem em massa. Se o teste do paciente for positivo, este poderá indicar 5 pessoas com quem teve contato para fazer a autoavaliação pelo app.

O aplicativo “Dados do Bem” foi lançado no dia 22 de julho e tem como objetivo ampliar a testagem em Goiânia e mais 77 municípios estratégicos e promover o rastreamento e monitoramento de pessoas com suspeita da covid-19, por meio da tecnologia de geolocalização. Com os dados coletados, será possível acompanhar em tempo real a evolução da epidemia nos centros urbanos.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online