14/10/2020

Polícia de Goiás deflagra operação contra suspeitos de aplicar golpes pelo Whatsapp

São cumpridos 40 mandados de busca e apreensão e mais 11 mandados de prisão em Goiânia e 5 mandados de busca e apreensão em Itatiba, em São Paulo.

A Polícia Civil de Goiás deflagrou, na manhã desta quarta-feira (14/10), uma operação que investiga a prática de golpes através do aplicativo de conversas Whatsapp. Após o cumprimento de mandado de prisão e busca em apreensão em julho deste ano, a polícia acabou chegando a uma organização criminosa que tinha em seu poder quase 800 chips de diversas operadoras para aplicar os golpes, fato que deu origem à ação de hoje.

A Operação Peregrino Fase III é realizada pela Delegacia Estadual de Repressão aos Crimes Cibernéticos (Dercc) em conjunto com a Divisão de Capturas da Polícia Civil de São Paulo. São cumpridos 40 mandados de busca e apreensão e mais 11 mandados de prisão em Goiânia e 5 mandados de busca e apreensão em Itatiba, em São Paulo.

Conforme a polícia, a maioria dos membros da organização são de Goiânia e as contas bancárias utilizadas também são de agências localizadas em Goiás. Há ainda outros integrantes no município de Itatiba (SP), além da capital paulista.

Diante das informações, a Polícia Civil de São Paulo solicitou apoio para à Policia Civil de Goiás, em especial à Dercc e à Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), que, conforme a polícia de Goiás, imediatamente disponibilizaram o efetivo necessário de 120 policiais civis e 45 viaturas para acompanhar as equipes da polícia paulista no cumprimento dos mandados.

No município de Itatiba, policiais de São Paulo também deram cumprimento aos mandados judiciais com apoio da delegacia do município. Foram apreendidos todos os eletrônicos e celulares e, no caso de prisões, todos os alvos serão imediatamente interrogados e solicitada a conversão da prisão temporária em preventiva. Para esta operação foram utilizados 136 policiais civis (sendo 16 da Divisão de Capturas da PCSP) e 47 viaturas.

Ainda não há detalhes de como funcionava o golpe, o que ainda deve ser esclarecido pela polícia.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online