12/01/2021

Estado de Maguito Vilela se agrava na UTI

Conforme boletim médico, o gestor, vencedor nas eleições de 2020, luta contra uma infecção pulmonar e continua sedado.

O prefeito de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), internado na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 27 de outubro, apresentou uma piora no seu quadro e está em estado grave. Conforme boletim médico, o gestor, vencedor nas eleições de 2020, luta contra uma infecção pulmonar e continua sedado.

Recentemente, um dos médicos que Vilela, Marcelo Rabahi, descreveu o estado do prefeito. “Foi identificada infecção bacteriana e fúngica nos pulmões e ele está tomando antibióticos. Quadro é grave pela fragilidade dele. Não teve piora, mas ainda não voltou ao que estava antes”, disse o médico.

Hoje, o hospital informou que o prefeito de Goiânia trata a infecção pulmonar e tomar drogas vasoativas “em altas doses”.

Veja o boletim divulgado pelo Albert Einstein nesta terça-feira (12):

“O senhor Luís Alberto Maguito Vilela encontra-se internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 27 de outubro para tratamento da Covid-19. Hoje, 12/01, segue na UTI, em diálise contínua, sedado, traqueostomizado em ventilação controlado, em tratamento de infecção pulmonar grave e drogas vasoativas em altas doses.”

Longa internação

No dia 27 de dezembro do ano passado, Maguito Vilela completou dois meses de internação no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, devido ao diagnóstico de covid-19. No dia 26 do mesmo mês, o prefeito recebeu a visita de seus dois netos. Filhos de Daniel Vilela, Fred, de 9 anos, e Maria Laura, de 12, receberam permissão do hospital para visitar o avô que está na UTI.

Segundo um assessor de Maguito, o prefeito, que estava desperto e consciente no momento da chegada de Fred e Maria, abriu um largo sorriso ao ver os netos e chegou a conversar com eles. A visita foi uma exceção aberta pelo hospital em razão do caráter da UTI, que é humanizada e individual, e da supervisão a qual foi submetida a presença de Fred e Maria.

Maguito foi transferido para o Hospital Albert Einstein no dia 27 de outubro de 2020, após agravamento de seu quadro.

No entanto, no dia 2 de dezembro, o hospital confirmou que o Sars-CoV-2, ou coronavírus, agente causador da covid-19, não não estava mais presente no organismo de Maguito. Mesmo assim, o gestor eleito segue internado para sua recuperação.

O senhor Luís Alberto Maguito Vilela encontra-seinternado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 27 de outubropara tratamento da Covid-19. Hoje, 12/01, segue na UTI, em diálise contínua, sedado,traqueostomizado em ventilação controlado, em tratamento de infecção pulmonar grave e drogas vasoativas em altas doses.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online