20/01/2021

Missa de 7º dia de Maguito Vilela é marcada por emoção e saudade

A missa foi celebrada pelo arcebispo de Goiânia, Dom Washington Cruz.

Aconteceu na noite de ontem, terça-feira (19/1), a missa de 7º dia do prefeito licenciado de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), que faleceu no dia 13 deste por complicações oriundas da covid-19. Estiveram na cerimônia, que aconteceu na Catedral Metropolitana de Goiânia, o filho e viúva de Maguito, Daniel Vilela e Flávia Teles, assim como o governador Ronaldo Caiado e a primeira-dama, Gracinha Caiado. O evento foi marcado por tristeza dos presentes e bastante saudade.

A missa foi celebrada pelo arcebispo de Goiânia, Dom Washington Cruz. Na catedral, estavam reunidos amigos e família de Maguito, todos usando máscara. Eleito prefeito de Goiânia nas últimas eleições, Maguito Vilela morreu na UTI do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, após mais de 80 dias de internação.

Em algumas palavras, Caiado homenageou o amigo. “Existem na política pessoas honradas, sérias e que realmente são merecedoras de todo reconhecimento público, como é a trajetória do ex-governador Maguito Vilela”, disse.

“Missa significativa

Em homilia, o arcebispo Dom Washington Cruz disse que a missa dedicada à memória de Maguito é “particularmente significativa e, ao mesmo tempo, obrigatória” em virtude do legado e todo serviço prestado durante os mandatos e cargos ocupados “para o bem da nação”. “Esta é a verdade de nosso prefeito eleito e licenciado: fé e confiança em Deus, a quem sempre buscou seguir, servir e entregar-se”, lembrou.

A mensagem do arcebispo de Goiânia buscou levar esperança e conforto, em especial à família e amigos mais próximos. “Quando a morte nos visita, eis que, no fundo do coração, renasce a saudade de alguém que nos possa acolher e fazer com que nos sintamos amados. Nostalgia do Pai, neste sentido, a imagem de alguém em que podemos confiar sem reserva, o porto seguro”, afirmou.

Para Dom Washington, Maguito, enquanto cristão, “sempre esteve nas mãos de Deus”. “Agora, nos colocamos nas mãos divinas, sabendo que, na vida e na morte, somos de Deus”, pontuou ao mencionar a necessidade de consolação ao povo de Goiás.

O atual prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, esteve presente na celebração, definida por ele como uma ocasião “marcante para toda família”. “O momento é de reflexão e, ao mesmo tempo, de gratidão a Deus pelos dias e anos em que Maguito Vilela esteve em nosso meio”, declarou durante coletiva.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online