03/06/2021

Em 30 horas de operação, PRF registra cerca de 400 infrações em Goiás

As infrações mais constatadas são aquelas relacionadas ao mau estado de conservação do veículo, irregularidade de documentos, ultrapassagens indevidas e falta do uso do cinto de segurança e da cadeirinha.

O feriado prolongado de Corpus Christi já começou com um festival de infrações. Somente nas primeiras 30 horas de operação, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) já registrou cerca de 400 infrações em rodovias federais goianas.

“A PRF está reforçando a fiscalização nas rodovias federais goianas nesse feriado e tem observado algumas condutas que, além de configurarem infrações de trânsito contribuem para a ocorrência de acidentes.”, informou a corporação.

De acordo com a PRF, as infrações mais constatadas são aquelas relacionadas ao mau estado de conservação do veículo, irregularidade de documentos, ultrapassagens indevidas e falta do uso do cinto de segurança e da cadeirinha.

A PRF ressalta que neste feriado não haverá restrição de circulação para veículos de cargas.

[custom_player src=’zoevideos.net/player/sf798f76a-cb4c-4bdc-b67b-00850930662f’]

Mesmo com reforço da fiscalização em Goiás durante feriado de Corpus Christi, PRF registra cerca de 400 infrações

A Polícia Rodoviária Federal iniciou nesta quarta-feira (2/6) a Operação Corpus Christi, com reforço na fiscalização nas rodovias federais em Goiás até a noite de domingo (6). Policiais rodoviários federais estão presentes, principalmente nos trechos de incidência de acidentes mais graves.

“A PRF acredita que haverá aumento no fluxo de veículos nas rodovias, especialmente na BR-414, que dá acesso a Pirenópolis; Br-153 Sul, que liga Goiânia a Caldas Novas; e no lado Norte da 153, que dá acesso à região do Lago da Serra da Mesa, onde a pista não é duplicada.”, informou.

As rodovias de pistas simples, aliás, são uma preocupação a mais nos feriados prolongados, quando o movimento na via é intensificado. A PRF reforça o cuidado que os condutores devem ter ao realizarem ultrapassagens e ressalta que, ainda que a sinalização permita, o tempo e a distância para realizar a manobra devem ser bem calculados e seguros.

Na operação de Corpus Christi 2020, de 10 a 14 de junho, aconteceram nas rodovias federais goianas 32 acidentes que deixaram 32 feridos e quatro mortes.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online