14/06/2021

Continua foragido suspeito de matar casal e filhos em Ceilândia, no DF

O homem foi identificado como Lázaro Barbosa, de 32 anos. Segundo a polícia, ele está foragido há quase uma semana e comete crimes por onde passa.

O homem suspeito de matar um casal e dois filhos em uma chácara em Ceilândia, no Distrito Federal (DF), continua foragido e as buscas seguem nesta segunda-feira (14/6). Ele foi visto pela última vez em uma rodoviária próximo à Edilândia, um povoado do município de Cocalzinho de Goiás.

Uma força-tarefa foi montada em Goiás e no DF para capturar o suspeito. A operação conta com equipes da Secretaria de Segurança Pública de Goiás e do DF, além de apoio das polícias Rodoviária Federal e Federal. Os policiais usam cães farejadores, drones e helicópteros nas buscas.

O homem foi identificado como Lázaro Barbosa, de 32 anos. Segundo a polícia, ele está foragido há quase uma semana e comete crimes por onde passa. Além da chacina contra a família no DF, ele também já roubou um carro e baleou três pessoas em em Cocalzinho de Goiás.

Continua foragido suspeito de matar casal e filhos em Ceilândia, no DF
Lázara Barbosa de Sousa, suspeito de triplo homicídio no DF — Foto: Polícias Civil do DF e GO

Homem é suspeito de matar casal e filhos em Ceilândia, no DF

Na última quarta-feira (9/6), Lázaro Barbosa teria assaltado uma fazenda no Distrito Federal e matado a tiros e a facadas quatro pessoas da mesma família, sendo o empresário Cláudio Vidal, de 48 anos, e os filhos dele, Gustavo Vidal, de 21 anos, e Carlos Eduardo Vidal, de 15. A esposa do empresário, Cleonice Marques Andrade, de 43 anos, foi sequestrada e morta em seguida. O corpo foi encontrado no sábado (12) em uma mata próxima à casa da família.

Após o crime, o suspeito fugiu e, de acordo com a Polícia Militar, foi localizado em uma fazenda em Edilândia, neste domingo (13). O dono da uma chácara informou à polícia que encontrou a propriedade revirada e que um carro havia sido furtado.

Segundo informações, o homem tentava fugir novamente para o Distrito Federal, mas abandonou o veículo ao avistar uma barreira policial, momento que fugiu novamente para uma mata. Ele ainda teria reagido e disparado cerca de 15 vezes contra a equipe policial.

A Polícia Civil do DF encontrou pelo menos dois esconderijos onde Lázaro Barbosa se escondia para cometer crimes na região.

Crimes em série

Lázaro Barbosa já possui uma extensa ficha criminal, por diversos crimes. Ele é condenado por um homicídio na Bahia e é procurado por crimes de roubo, estupro e porte ilegal de arma de fogo no DF e em chácaras do estado de Goiás.

Em março de 2018, ele chegou a ser preso pelo Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Águas Lindas, mas fugiu do presídio quatro meses depois.

Em abril deste ano, Lázaro teria invadido uma casa no Sol Nascente, onde trancou pai e filho no quarto e levou a mulher para o matagal, onde a estuprou. Em maio, ele fez uma outra família refém, ameaçando as vítimas com faca e arma de fogo. Na ocasião, ele fez as vítimas ficarem nuas e prendeu os homens no quarto e obrigou as mulheres a “servir jantar para ele”, segundo a PC. 

Na última quinta-feira (9), após a chacina contra a família no DF, ele roubou uma chácara e rendeu o caseiro, o dono da propriedade e a filha dele.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online