16/06/2021

Após denúncia, homem é preso suspeito de zoofilia, em Goianira

Os policiais civis apreenderam duas cadelas sem raça definida, de pequeno e médio porte.

A Polícia Civil de Goiás (PCGO), por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (DEMA), efetuou a prisão de um homem suspeito de zoofilia, em Goianira, na Região Metropolitana.

O mandado de prisão cautelar foi cumprido na manhã desta quarta-feira (16/6) contra o autor do crime de maus-tratos contra cães, mais precisamente zoofilia. A investigação começou após uma denúncia anônima, quando a equipe policial recebeu um vídeo que mostrava o autor praticando o crime com os animais.

De acordo com a PCGO, foram dois meses de investigações, até que os policiais conseguiram a identificação e qualificação da autoria do crime. Os policiais civis apreenderam duas cadelas sem raça definida, de pequeno e médio porte.

O local onde, em tese, estaria ocorrendo o crime de zoofilia passou por perícia, bem como os animais que também serão periciados. Após a conclusão, o inquérito policial será remetido ao Poder Judiciário.

Além do homem preso suspeito de zoofilia em Goianira, outro foi detido por estupro contra irmão, em Goiânia

No último dia 6 de junho, um homem de 33 anos foi preso suspeito de estuprar o próprio irmão de 7 anos, em Goiânia. Ele é investigado por armazenar vídeos de pornografia infantil.

Segundo a Polícia Civil, no mês de abril deste ano, o suspeito já havia sido preso em flagrante delito pela equipe da DERCC por armazenar mais de 5 mil vídeos pornográficos infantis no aparelho celular.

As imagens do abuso sexual teriam sido produzidas pelo próprio investigado, na época em que o irmão dele tinha apenas 7 anos de idade. “Desta forma, a autoridade policial representou judicialmente pela prisão preventiva do indiciado e, após parecer favorável do Ministério Público, a prisão foi judicialmente deferida”, afirma a Polícia Civil.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online