16/06/2021

Goiás irá comprar 142 mil doses da Sputnik V, vacina contra a Covid-19

O anúncio foi feito pelo governador Ronaldo Caiado por meio de seu perfil no Twitter. O imunizante só poderá ser utilizado pelo equivalente a 1% da população do Estado.

Goiás recebeu, na noite desta terça-feira (15/6), o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a importação da vacina Sputnik V, desenvolvida pela Rússia. Assim, serão compradas 142 mil doses do imunizante contra a Covid-19, que será aplicada em 71 mil pessoas, já que tem duas doses. O anúncio foi feito pelo governador Ronaldo Caiado (DEM), em seu Twitter.

A vacina contra a Covid-19 Sputnik V teve uma autorização de importação excepcional. Assim, além de Goiás, poderão importar o imunizante os estados do Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Rondônia, Pará, Amapá e Paraíba. Entre diversas restrições feitas pela Anvisa, a vacina só poderá ser utilizada por 1% da população de cada estado. Goiás, por exemplo, tem o limite de 71 mil pessoas que podem receber a vacina.

Mais sobre a vacina contra a Covid-19 Sputnik V

A vacina contra a Covid-19 Sputnik V tem aplicação proibida em grávidas, lactantes, menores de 18 anos ou maiores de 60 anos. Além disso, em mulheres em idade fértil que desejam engravidar nos próximos 12 meses.

Ademais, é proibida para pessoas que já tenham recebido outra vacina contra a Covid-19. A restrição também vale para quem estejam com febre, ou tenham HIV, hepatite B ou C ou que tenham se vacinado nas últimas quatro semanas. Além disso, não é indicada para quem tenha recebido tratamento de quimioterapia ou radiação nos últimos 36 meses.

Em sua publicação, o governador Ronaldo Caiado não divulgou quando as vacinas contra Covid-19 Sputnik V chegarão ao Estado de Goiás. Ademais, não foi informado qual valor será pago em cada uma delas. No mês de fevereiro deste ano, a Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) havia aprovado um orçamento de R$ 60 milhões para compra de imunizantes.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online