27/07/2021

Com nova massa polar, cidades de Goiás podem registrar temperaturas negativas

A massa de ar frio vem do sul do Brasil e já começa a se aproximar de Goiás nesta terça-feira (27/7).

Uma nova massa de ar frio intensa, de origem polar, se aproxima e algumas cidades de Goiás podem registrar temperaturas negativas nos próximos dias. Esta é a terceira onda de frio no Estado este ano.

A massa de ar frio vem do sul do Brasil e já começa a se aproximar de Goiás nesta terça-feira (27/7). O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) já emitiu um alerta de perigo para a baixa umidade e temperatura do Estado. Conforme informações, a umidade relativa do ar pode variar entre 20% e 12%.

A previsão é que sexta-feira (30) seja o dia mais frio da semana. Além disso, há possibilidade de geada na quinta, sexta e sábado. Segundo o gerente do Cimehgo, André Amorim, o fenômeno acontece em Goiás pois as massas polares estão avançando com maior facilidade sobre o continente, diferentemente dos outros anos, quando o Centro-Oeste não era tão atingido.

Cidades de Goiás podem registrar temperaturas negativas

De acordo com o Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas de Goiás (Cimehgo), Goiânia deve registrar mínima de 15º e máxima de 30º. Já em Anápolis, Itumbiara e Catalão a mínima pode chegar a 14º. Em outras cidades a temperatura pode cair atingir de 12º a 13º, como Jataí e Rio Verde.

Esta é a 3ª onda de frio registrada em Goiás este ano  e todas foram registradas neste mês de julho. No início do mês, cidades goianas chegaram a registrar quase 0º.

Esta deve ser a 3ª onda de frio registrada em Goiás neste ano de 2021. Na semana passada, entre os dias 19 e 21, veio a 2ª onda, quando os termômetros de Jataí chegaram a marcar 0,2°C.

Meteorologia explica massa de ar polar que atingirá o Brasil

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) vem atualizando informações sobre a nova massa de ar polar que causará “frio intenso” nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e no sul da Região Norte entre os dias 28 de julho e 1º de agosto.

Segundo meteorologistas, as temperaturas começam a declinar de forma acentuada a partir desta terça-feira (27/7) no Rio Grande do Sul. A frente fria deverá trazer chuvas para os três estados da Região Sul, estendendo-se também ao sul de Mato Grosso do Sul para, quarta-feira (28/7), chegar em algumas localidades do Sudeste, como o leste de São Paulo, o sul de Minas Gerais e, em seguida, no Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online