20/06/2022

Turismo em Goiás cresce 3 vezes mais do que a média nacional

Crescimento teve aumento de 8,3% na comparação com março deste ano. No ano de 2022, o Estado acumulou um aumento de 36,3%.

Pesquisa realizada e divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra que, em abril, o Turismo em Goiás aumentou 8,3% na comparação com março deste ano. Assim, alcançou a maior alta do país, entre os Estados. A média de crescimento do setor no Brasil foi de 2,5%. No ano de 2022, o Estado acumulou um aumento de 36,3%.

Os dados divulgados significam que os turistas gastaram mais, em Goiás, entre março e abril de 2022. Desse modo, as despesas são com alojamento, alimentação, transporte aéreo, terrestre e aquaviário. Além disso, com agências de viagem, aluguel de transporte, cultura e lazer. Os segmentos que mais cresceram foram aqueles ligados aos serviços de transporte e de alimentação, como bares e restaurantes.

Segundo a coordenadora do Observatório do Turismo de Goiás, Giovanna Tavares, um dos fatores que explica o crescimento do setor, foi o deslocamento de eventos para o mês de abril, como os carnavais fora de época, que ocorreram não só em Goiás, mas também em vários destinos brasileiros. “Todos os locais onde o indicador é investigado acompanharam este movimento de expansão em abril de 2022, quando comparado com março”, afirma Tavares.

Mais sobre estudo do IBGE que mostrou crescimento do Turismo em Goiás

Ainda de acordo com o estudo do IBGE que mostra o crescimento do Turismo em Goiás, o setor de serviços, que também contempla o turismo, apresentou crescimento de 1,3% em abril em relação ao mês anterior. Esse foi o sexto mês consecutivo de alta.

Goiás foi um dos doze Estados que apresentou variação positiva no período. A média do Brasil ficou em 0,2%. De acordo com Giovanna Tavares, o avanço da vacinação e o aumento do turismo de proximidade foram preponderantes na melhoria da economia goiana no setor de serviços.

Para o presidente da Agência Estadual de Turismo de Goiás (Goiás Turismo), Fabrício Amaral, a tendência é que o setor continue crescendo no Estado.

“Os números da pesquisa nos deixam contentes, mas não são surpresa. Sabíamos que apostar na regionalização do turismo, no fortalecimento dos protocolos sanitários e no apoio aos empresários com linhas de crédito traria bons resultados. Os dados mostram os esforços do Governo de Goiás para a retomada pós-pandemia e, é claro, nosso Estado tem muita beleza e atrativos”.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online