23/06/2022

Mulher é presa suspeita de permitir estupro da filha de 9 anos, em Goiás

Abusos sexuais eram cometidos pelo padrasto da criança.

Uma mulher de 40 anos foi presa durante uma operação da Polícia Civil de Piracanjuba, na última terça-feira (21/6), suspeita de permitir o estupro de sua própria filha, uma criança de 9 anos.

O caso começou a ser investigado em 2015, quando uma denúncia dos abusos chegou à polícia por meio do Conselho Tutelar, que havia recebido uma denúncia anônima.

Agressão: Mãe é presa suspeita de espancar bebê por se irritar com choro, em Mara Rosa

De acordo com a Polícia Civil, durante as investigações apurou-se que a mulher permitia, de forma consciente, que seu companheiro, de 40 anos, estuprasse sua própria filha, de 9 anos.

Segundo o delegado responsável pela investigação, Leylton Barros, os crimes aconteceram por cerca de quatro meses e a menina era forçada a manter relações sexuais com o padrasto.

Estupro de vulnerável: Pai é preso suspeito de estuprar menina de 2 anos, em Goiânia

Mãe suspeita de permitir estupro da filha estava foragida

Desde quando o crime foi descoberto, em 2015, a mãe da menina de 9 anos estava foragida. À época, a Polícia Civil instaurou investigação, reuniu provas e prender o autor.

Agora, a mãe e o padrasto da criança estão presos aguardando julgamento. Caso sejam condenados pela prática de estupro de vulnerável, podem pegar até 15 anos de prisão.

Crime: Após 7 anos, filha relata estupro sofrido pelo pai ao passar por retiro religioso

Conforme aponta o delegado, após o caso ser descoberto a menina ficou aos cuidados da avó materna.

[custom_player src=’zoevideos.net/player/s080d9412-3216-4c51-a8a4-d35997f3a493′]

Leia também: 

Idoso é preso suspeito de estuprar menina de 12 anos, em Formosa

Pai é preso suspeito de estuprar filha de 9 anos, em Catalão

Idoso de 76 anos é preso, em Jaraguá, após ameaçar fazer picadinho da filha

Tia é indiciada suspeita de torturar sobrinho de 1 ano, em Goianira

Via Dia Online 
Imagens Dia Online