27/07/2022

Como otimizar seu currículo para ATS

Com estes sistemas, os recrutadores poupam muito trabalho pois podem focar sua atenção nos candidatos que são realmente qualificados para o trabalho em questão.

Cada vez mais empresas estão utilizando sistemas de rastreamento de candidatos, também conhecidos pela sigla ATS, para facilitar o processo de seleção e recrutamento de candidatos. Se está procurando emprego e quer saber como adaptar seu currículo a esses sistemas de rastreamento, está no lugar certo!

O que significa ATS?

A sigla ATS vem da expressão inglesa Applicant Tracking System, que significa literalmente “Sistema de Rastreamento de Candidatos”. Este tipo de software faz a leitura automática de currículos e coloca os dados dos candidatos em um banco de dados. Esses dados são divididos por experiência laboral, educação, habilidades, conhecimentos de idiomas, etc. Depois, através de um mecanismo de busca, os recrutadores podem encontrar os perfis que mais se enquadram com as vagas disponíveis.

Com estes sistemas, os recrutadores poupam muito trabalho pois podem focar sua atenção nos candidatos que são realmente qualificados para o trabalho em questão. Desta maneira, podem evitar a leitura de dezenas, ou até centenas, de currículos desadequados por dia.

5 dicas para otimizar seu currículo para ATS

Agora que já sabe o que é um software ATS, vamos lhe deixar 5 dicas para otimizar e deixar seu currículo pronto para leitura por parte desses sistemas.

1. Use palavras-chave relevantes

Quando um recrutador faz uma pesquisa no banco de dados do software ATS, procura por palavras-chave. Assim, você terá mais sucesso se inserir exatamente essas palavras-chave em seu currículo. O melhor local para procurá-las é na descrição da vaga. Portanto, se a empresa estiver procurando por um vendedor dinâmico, certifique-se de colocar as palavras “vendedor” e “dinâmico” em seu currículo. Também pode pensar em outras palavras ou expressões comuns para esse tipo de trabalho, como “capacidade de comunicação” ou “foco no cliente”, e inseri-las em seu currículo.

Para otimizar seu currículo ao máximo, você deverá personalizá-lo para cada candidatura, tentando sempre utilizar exatamente as palavras-chave usadas pela empresa.

2. Use um documento com formato convencional

Os sistemas de rastreamento de candidatos não conseguem ler todos os tipos de arquivo. Por esse motivo, você deve usar um formato convencional como Word ou PDF. Além disso, utilizar um tipo de letra comum (como Arial ou Calibri) e escolher um modelo de currículo simples também ajudarão o software a ler o documento corretamente.

3. Use pontos

Alguns sistemas de rastreamento de candidatos têm dificuldade para ler texto escrito em parágrafos, por isso é sempre boa ideia utilizar pontos ou marcas em seu currículo. Além de auxiliar o software, você também estará organizando devidamente seu currículo. No entanto, evite usar pontos pouco convencionais como estrelas ou diamantes.

4. Escreva bastante

Um currículo otimizado para ATS não deve ser demasiado curto. Na verdade, quanto mais texto colocar, mais chances terá de seu documento ser encontrado. Porém, não cometa o erro de repetir a mesma palavra-chave bastantes vezes porque isso não é valorizado e pode até ser negativo para sua candidatura. Lembre-se que seu currículo não deve ter mais do que 2 páginas.

5. Não se esqueça suas habilidades

As habilidades são fundamentais em qualquer currículo atual e são muito procuradas pelos empregadores. Por isso, insira todas as habilidades pessoais e técnicas relevantes para o cargo pois certamente serão procuradas pelos recruta

Via Dia Online 
Imagens Dia Online