02/08/2022

Maior reajuste nacional no preço do aluguel de imóveis é encontrado em Goiânia

Com o reajuste de 19,55%, Goiânia passa à frente de Florianópolis, com 18,6% e Salvador, com 15,26%.

De acordo com dados recentemente divulgados pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), Goiânia é a capital brasileira que apresentou maior alta no valor dos alugueis desde o mês de janeiro.

Com o reajuste de 19,55%, Goiânia passa à frente de Florianópolis, com 18,6% e Salvador, com 15,26%. Vale ressaltar que o índice FipeZap analisa o prelo dos  alugueis em 25 cidades brasileiras e que as análises são feitas mensalmente.

Política: Propostas de reajuste salarial para servidores públicos de Goiânia são encaminhados à Câmara

Maior reajuste nacional no preço do aluguel de imóveis é encontrado em Goiânia
Goiânia, Goiás – Foto: Infoescola / Reprodução

Deste modo, os dados apontaram que a média nacional apresentou um aumento de 9,49%, representando quase o dobro da inflação no Brasil pelo período, que foi calculada em 5,49%.

Os economistas explicam que esse aumento é uma resposta positiva do mercado de trabalho, devido ao avanço da vacinação contra a Covid-19 em todo território nacional.

Saúde: Caldas Novas cria força-tarefa para enfrentar aumento de casos de dengue na cidade

Esse cenário, atrelado ao aumento do IPCA, permite que os proprietários de imóveis acompanhem a alta progressiva do valor dos aluguéis. Outro fato que impulsionou o preço, foi o fato de muitos brasileiros deixarem de comprar a casa própria devido a taxa de juros.

Sobre isso, é preciso lembrar que em meados de 2021, a taxa de juros para a aquisição de um imóvel passou de 2% para 13,25%, fazendo com que a população voltasse ao aluguel.

Economia: Gasolina tem preço reduzido nos postos pela quinta semana seguida, diz ANP

Maior reajuste nacional no preço do aluguel de imóveis é encontrado em Goiânia
Muitos brasileiros deixaram de comprar a casa própria em razão do salto nos juros – Foto: Internet / Reprodução

Variação anual e preço por metro quadrado

Já em relação a variação anual no preço da locação residencial, foi encontrado em Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina, que apresentou média de 27,53%. Nesse caso, Goiânia se encontra na segunda posição, com 25,46%. O acumulado nacional é de 12,86%.

Quanto ao preço médio por metro quadrado, o aumento mais significativo foi de São Paulo. De acordo com a pesquisa, a capital paulista registrou o valor de R$42,82/m² em junho de 2022.

Benefício social: Publicado decreto que regulamenta o Auxílio Gás

A segunda posição do ranking é ocupada por Recife, com R$ 39,64, seguida do Rio de Janeiro, com R$ 35,5; Brasília, com R$ 35,05 e Salvador, com R$ 29,36.

Via Dia Online 
Imagens Dia Online